This is default featured slide 1 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 2 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 3 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 4 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 5 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

Papo de Tokufã com Maycon Douglas D'paula

“As séries clássicas são muito legais, tramas bem instigantes que prendem a atenção. Isso faz com que possamos sentir o drama dos personagens por dentro, como se fosse à gente ali.”


Hi minna! Nossa quanto tempo heim? As coisas deram uma parada por aqui por conta de compromissos do cotidiano. Com isso atrasou algumas matérias e entrevistas aqui no Blog. Aos poucos vamos colocando tudo nos devidos trilhos. Bem, voltando com as entrevistas do papo de Tokufã, temos a honra de conversar com o jovem Maycon Douglas D´Paula muito conhecido no nicho de tokufãs no facebook. 
Nosso amigo vem trabalhando muito para ajudar na árdua missão de difundir o universo dos Super-Heróis Japoneses com os seus sites Garo e Tokureply.
Quer conhecer mais um pouco sobre o nosso jovem blogueiro? Vamos lá então! 



TOKUFORCE: Maycon Douglas e Universo Tokusatsu, fala pra gente como começou esse Gattai na sua vida?


MD: Bom, Tokusatsu surgiu na minha vida quando vi Ryukendo na RedeTV. E quando estudava Li quadrinhos de vários tokusatsus, porém, não sabia exatamente do que se tratavam. F ui perguntando para o meu cunhado que me disse que eram personagens de seriados Japoneses e que havia uma variedade deles, mais do que eu poderia imaginar. Com isso, fui a fundo passando a pesquisar sobre os nomes descobrindo o tokusatsu e me tornando fã até hoje.


TOKUFORCE: O que tanto te atrai no universo Tokusatsu para criar um blog sobre ele?

MD:  As estórias, enredo, e os personagens carismáticos.

TOKUFORCE: Qual foi a melhor experiência da sua vida em relação a ser um jovem tokufánatico?

MD:  Já tive muitas experiências bem legais com tokusatsu, como Kamen Rider Kabuto e um filme de Boukenger,foi surpreendente. Mas a melhor experiência mesmo que tive foi quando eu vi o filme Super Hero Taisen GP: Kamen Rider #3 ( Sangou), chorei muito assistindo seu final.


TOKUFORCE: Qual foi o primeiro tokusatsu que você assistiu? E qual seriado você está acompanhando atualmente?

MD:  Como disse anteriormente, foi Ryukendo e agora acompanho Garo: Makai Senki e Zyuranger . Estou me divertindo muito com eles.


TOKUFORCE: Segundo afirmam na tokunet, infelizmente a chamada “Nova Geração, ainda não conhece o universo Toku na questão das novas produções, se eles fossem transmitidos em Tv aberta assim como foi a um tempo, (sem contar com a plataforma do crunchyrol) na extinta Manchete eles seriam aceitos, por quê?

MD:  Bom esse novo momento que vive as séries japonesas nas plataformas de Streaming caíram no gosto de todos os fãs aqui no nosso país. Provável mente também teria o mesmo sucesso com o público teen de hoje porque despertaria a curiosidade deles. Mas mesmo se fosse um sentai, por exemplo, ainda sim, diriam tratar-se apenas de mais um Power Ranger. Porque é impossível não interligá-los em tokusatsus. Contudo, acredito que essa nova geração se interessaria sim em assisti-los na TV aberta.

TOKUFORCE: Qual a sua opinião sobre as franquias Ultraman, Sentai e Kamen Rider no atual momento?


MD:  Kamen Rider e Ultraman estão incríveis, suas tramas tem se desenvolvido de forma bem construída e instigante. Já os Sentais não tem vivido bons momentos ou destaque desde Gokaiger,pois vem infantilizando-se demais nos últimos anos, com menos tramas adultas, personagens muito meigos, tornando a franquia sem destaque. Torço para que evolua futuramente nas próximas temáticas.


TOKUFORCE: Você tem assistido Zyuogher, Kamen Rider Ghost e Ultraman X, quais seriam as suas impressões sobre esses seriados?


MD: Bom, ainda não estou acompanhando Ghost, Zyuohger e Ultraman X. Mas pretendo assisti-los depois.


TOKUFORCE: Como você vê a evolução entre as séries do passado e as atuais?

MD: As séries clássicas são muito legais, tramas bem instigantes que prendem a atenção. Isso faz com que possamos sentir o drama dos personagens por dentro, como se fosse à gente ali. Já os atuais nos passam apenas estórias repletas de reviravoltas.

TOKUFORCE: TOKUREPLY! Quando e como surgiu a ideia de criar o seu próprio Blog e como surgiu a ideia do nome?


MD: O Tokureply surgiu numa madrugada sábado para domingo no ano de 2013 como fanpage, em seguida, virou grupo de tokusatsu em 13 de janeiro  e por fim, ele passou a ser moldado como blog, para produzir notícias, informações, reviews em 12 de maio de 2014. O nome foi constituído a partir de várias combinações de nome com a palavra “toku”, isso contando com a ajuda de uma amiga.  Aí veio na mente a palavra “Reply” que em inglês significa Resposta, fui pesquisando no dicionário inglês formando o nome TOKUREPLY.

TOKUFORCE: Você fala muito sobre suas Fanfics e histórias que você mesmo cria futuramente você pretende disponibilizar essas histórias em um dos seus blogs?

MD: Sim, pretendo começar a finalizar as fanfics de Kamen Rider que venho escrevendo a cerca de um ano.

TOKUFORCE: Outra forma que você tem de fazer a divulgação de tokusatsus é na produção de wallpapers de sua própria autoria, como você define essa veia criativa você tem?


MD: Bom, sempre via wallpapers de tokusatsus por ai e um dia fiquei imaginando, como as wallpapers feitas por mim? Foi então que comecei a fazer, a primeira foi do Kamen Rider Drive. É incrível fazê-las, adoro. A primeira que fiz que me deixou orgulhosa foi a do Gekko Kamen.

TOKUFORCE: Há algum tempo atrás você estava focado em tirar do papel, o projeto da Revista Tokureply, Como está o processo de impressão dessa publicação?


MD: O projeto da revista ainda está em fase de testes, estou analisando como vai funcionar a sua dinâmica, vendo o que pode ser útil na parte do conteúdo dela.

TOKUFORCE: Você possui um portal totalmente dedicado a franquia Garo, dentre as produções deste universo, cite uma série e um filme que são suas preferidas.


MD: A primeira temporada é sensacional gostei demais, mas, amei o filme “A besta da noite branca” muito legal, esse filme é um dos meus favoritos.

TOKUFORCE: Falando em Garo, em 2016 teremos dois filmes no cinema que serão distribuídos pela Sato Company (algo inédito até então). Em sua opinião, o que falta para que o tokusatsu tenha mais filmes no cinema, assim como, as produções americanas?

MD: Acredito que a falta mais divulgação tipo na questão de fazer comerciais na tv aberta. Isso seria essencial para fazer uma boa exploração dessas séries. Como disse, Garo possui ótimas temporadas. Vale muito á pena conferir.

TOKUFORCE: Cite cinco tokusongs que você mais gosta?

MD:  Next  level de Kamen Rider Kabuto, Break te chain de Kamen Rider Kiva, o tema de abertura de Gokaiger, Ultraseven no uta e o tema de Jiban.

TOKUFORCE: Você tem algum artigo colecionável de tokusatsu tipo: camisas, toys, DVDs, canecas entre outros?


TOKUFORCE: Você tem perspectivas de participar de alguma edição do Anime Friends?

MD: Sim, tenho muita vontade de ir a uma edição do Anime Friends.

TOKUFORCE: Se pudesse vir a uma edição do evento qual ator ou atriz você gostaria de conhecer e tirar fotos no evento?


MD: Eu queria conhecer e tirar fotos com o Ryota Ozawa e a Hiroko Sato.

TOKUFORCE: Em nome do Tokuforce, gostaria de agradecer e informar que boa parte das perguntas feitas a você nesse papo de tokufã foi feitas via grupo do blog no whatsapp. O que você tem a dizer aos nossos membros sobre essa entrevista? E deixe sua mensagem ao Blog Tokuforce!

MD: Bom esse papo foi muito legal, curti bastante  as perguntas dos amigos nessa entrevista.  É dessa forma que nós tokufãs podemos nos expressar, falar do nosso amor pelo tokusatsu.  A sessão papo de tokufã é muito bacana, desejo a todos da equipe do blog muito sucesso, que tenham muito a mostrar e crescer a cada dia. Sem deixar de seguir o caminho da esperança e respeito pelos leitores.  Vocês que ainda não leram as matérias do Tokuforce eu recomendo, são bem divertidas de se ler. A amizade, respeito e união são a virtude desse blog.  

E esse foi mais um Papo de Tokufã moçada! Quem sabe o próximo pode ser você caro leitor.
Compartilhe essa matéria nas suas redes sociais.       

                                            

Top 10 - 10 Produções de Tokusatsu com temática adulta


Fala meus amigos! Tudo bem com vocês? 

Hoje trazemos para vocês mais um Top 10! Pensamos em fazer este top 10, por que temos observado muitos fãs reclamarem ou muitas vezes afirmarem que o universo Tokusatsu é um universo feito apenas e exclusivamente para as Crianças. Em parte, isso é verdade, e que hoje em dia, principalmente as franquias Kamen Rider e Super Sentai, possuem um ar muito mais infantil do que antigamente. Em relação aos Super Sentais, isso sempre ficou ainda mais evidente com o passar dos anos, mas também podemos destacar algumas séries mais sérias e com um enredo um pouco mais adulto. Como por exemplo: Maskman, Liveman e Jetman, esta última trata muito de conflitos amorosos, e muitos outros fatores que a faz menos infantil que as demais. 

Choujuu Sentai Liveman de 1988. A série diferente das outras séries da franquia,
 tem um enredo  sério e muito dramático.
Já falando em Tokusatsu de um modo geral, desde o seu início sempre tivemos séries e filmes para todos os públicos, claro que seria um erro fatal comparar os anos 50, 60 e 70, com a era atual que vivemos onde existe censura e classificação indicativa para tudo. Porém, também é um grande erro, generalizar e dizer que toda e qualquer produção de Tokusatsu é feita somente com a finalidade de vender brinquedos e agradar a criançada. Um bom exemplo, é o filme Gojira (1954) o primeiro Kaiju da história do Japão, e também o que podemos classificar como a primeira produção de Tokusatsu com toda a caracterização que se formou até os dias de hoje. O filme dirigido por Ishiro Honda e com direção de efeitos especiais de Eiji Tsuburaya, é não só um grandioso filme de ficção, mas também uma importante crítica e alerta para as pesquisas nucleares e desastres naturais causados pelas mãos do Homem.

Os filmes da franquia Kaiju-Eiga, passam uma grande critica as pesquisas nucleares feitas pelo Homem,
Claro que, não só o primeiro filme do Gojira, como também toda a sua filmografia, tem uma temática adulta, até por que, duvido muito que uma criança esteja mesmo interessada em ver um monstro gigante (horroroso) pisoteando cidades e causando pânico pela cidade de Tóquio. Fora este universo, também tivemos outras produções com um tom mais sério e sombrio, muitos até mesmo dentro das franquias que já estamos acostumados. Pensando nisso, reuni 10 produções dentro deste segmento, para quem não conhece, ou para quem já viu e quer relembrar. E para você que já está cansado de ver séries muito "alegres" e "coloridas" e está afim de ver algo mais “tenso” e “escuro” esta matéria foi feita para você.

Apenas deixo claro que nem todas as produções citadas aqui são de certa forma adultas, ou possuem violência extrema ou nudez. Algumas apenas possui um tom mais sério com mais drama e tensão e um melhor desenvolvimento emocional dos personagens. Enfim vamos ao Top 10 de hoje!

10° GARO (Ongon Kishi Garo)

A série Garo foi uma produção idealizada pelo magnífico e já veterano no mundo dos Tokusatsus, Keita Amemiya. Foi produzido pela Touhokushinsha Film Corporation, estreando no dia 7 de Outubro de 2005 nas madrugadas da TV TXN. A série mostrou diversas inovações dentro do universo Tokusatsu por trazer um roteiro sério e uma temática adulta. Garo, além de usar diversos elementos antigos da cultura Japonesa, também dá um show de coreografias de lutas, efeitos especiais inovadores, além de drama, romance e algumas cenas de nudez.
O sucesso da série, rendeu uma longa e lucrativa franquia que se encontra ativa até hoje. A franquia já rendeu 5 temporadas: Garo, Garo: Makai Senki, Garo: Yami wo Terasu mono (Spin Off), Garo Makai no Hana e Garo Gold Storm, finalizada recentemente e sendo a continuação do Spin Off Yami wo Terasu mono. Além disso, também possui duas temporadas em Animê, além de filmes e especias lançados em vídeo e Cinema.

Garo é indicado para todos que procuram fugir um pouco do nicho Riders/Sentais, e também para quem procura uma série com enredo bem construído, bom desenvolvimento de personagens e também para quem curte artes marciais e lutas com espadas, Garo é um prato cheio.  

9° SHOUGEKI GOURAIGAN

Trago aqui outra pérola criada por Keita Amemiya. A série Shougeki Gouraigan, estreou no dia 13 de outubro de 2013, e mais uma vez possuí temática adulta, mas desta vez trazendo uma alta dose de humor. Foram 13 episódios de muito humor e ação. Na história, a nave especial Burba transporta consigo prisioneiros de um lugar desconhecido chamado Chou Shinkai para a Terra que é atacada por um grupo de poderosos demônios. O Ataque também liberta Jin, que desencadeia um exercito de 1000 Soldados que pretendem destruir a terra em 100 dias. Porém, um demônio chamado Gou que também estava aprisionado, foge da nave, e passa a conhecer e se adaptar ao mundo humano. Com isso, ele decide se reunir com outros quatro prisioneiros fugitivos, que possuíam habilidades de combate únicos. Os 4 demônios fugitivos então, se unem a fim de proteger o planeta da invasão iminente.

Com uma visão futurística contendo também algumas cenas de nudez, efeitos especiais de primeira, e diversas cenas cômicas, Shougeki Gouraigan é altamente recomendado para qualquer um que procura por séries inovadoras. Para quem é fã de Jetman, é uma boa oportunidade de ver um pouco mais de Toshihide Wakamatsu, o eterno Guy – Black Condor. Na série ele vive o vilão Shinji Wakabayashi. 

8° ULTRASEVEN X

Em 2007, a Tsuburaya Productions, empresa responsável pela clássica franquia Ultraman, resolve trazer de volta um dos seus mais famosos heróis: Ultraseven. O herói considerado um dos mais famosos e bem sucedidos da franquia, já havia ganhando uma nova versão em 2002 com Ultraseven Evolution, porém a série que irei mostrar aqui, foi a primeira série da produtora e também da franquia a ser feita exclusivamente para o público adulto. A série estreou no dia 5 de outubro de 2007 indo ao ar de madrugada no Japão, por volta das 02:00 horas da manhã e contando com apenas 12 episódios.

A trama de Ultraseven X traz roteiros muito bem elaborados e um clima de série investigativa com muito suspense. Podemos ver influências em séries americanas, e pode agradar fãs deste gênero e séries ao estilo Arquivo X. O protagonista da trama é Jin, um jovem agente de uma organização denominada DEUS, cuja missão é defender o mundo de ataques alienígenas. Logo, ele descobre que a organização estava sendo controlada pelos “Governantes das sombras” e descobre também as suas reais intenções. Um certo dia ele resolve fugir da base, e nisso, é morto e revive graças ao Ultraseven. No entanto, ele perde completamente a memória, junto com outros agentes fugitivos da DEUS, ele usa seu falso nome Jin para desvendar os mistérios dos governantes e salvar a terra dos ataques alienígenas.

Uma trama que parece simples no início, porém tem um excelente desenvolvimento, com muitos mistérios e muita ação. Obrigatório para qualquer fã da franquia e ficção cientifica no geral. Lembrando que a série já está disponível dentro da grade da programação da Netflix, e dublada! 

7° LION MARU G


Em 1972 e 1973, a lendária produtora P-Productions (Vingadores do Espaço e Spectreman), produziu duas séries Henshin Hero, onde o herói se transformava em um felino mutante para vencer os inimigos. Foram duas séries desta linhagem: Kaiketsu Lion maru e Fuun Lion maru. No Brasil ficou conhecido como “O poderoso Lion man” , Porém, somente Fuun Lion maru de 1973 teve todos os episódios exibidos, estreando ao mesmo tempo que a série Jiraiya na Rede Manchete. A série que irei tratar aqui, não se trata de um Reboot ou Remake das séries clássicas, mas sim uma nova visão do herói felino, com uma história totalmente nova, trazendo-o para a era atual.

Lion maru G (Ghetto), estreou no dia 1 de outubro de 2006 e contou com 13 episódios. A trama foge totalmente do que foi explorado na série clássica, e aqui já não temos mais aqueles cenários que lembravam o Japão feudal. A história aqui se passa em Neo-Kabukicho [?] uma versão fictícia da área real da luz vermelha [!] em Shinjuku – Tóquio. Na trama a droga “Skull Eyes” transformam os humanos em criaturas conhecidas como Kabukimono. O Novo Shishimaru (Interpretado por Kazuki Namioka), precisa entender seus poderes como Lion maru e restaurar a paz na cidade. Passando também por diversos combates com seu eterno rival Tiger Joe.

Lion maru G conquista pelo aspecto inovador, e também pelo humor que é marca registrada da série. Para os fãs das séries clássicas, vale a pena ver a nova visão dos personagens, e para quem nunca viu nada do gênero, é uma boa oportunidade de conhecer tudo que envolve o universo dos felinos espadachins.

6° ULTRAMAN NEXUS

Após a série Ultraman Cosmos de 2001, série que enfrentou muitos problemas durante sua produção e assim caracterizando a última série da franquia Ultraman na TV, a Tsuburaya resolve inovar a franquia trazendo algo um pouco fora do convencional e com uma temática mais séria e adulta afim de conquistar novos fãs para a franquia, mas claro sem deixar a essência das Ultras séries de lado. Assim nasceu o “Ultra N Project”. Deste projeto saíram: Ultraman The Next (filme que chegou a ser lançado dublado por em aqui em DVD pela Focus Filmes) e Ultraman Nexus, série essa que irei falar agora.

Ultraman Nexus, como já disse faz parte do Ultra N Project da Tsuburaya e contou com 37 Episódios e 1 Especial exibidos entre Outubro de 2004 a Junho de 2005 no (péssimo) horário das 7:30 da manhã aos domingos. Isso infelizmente contribuiu para que a série tivesse baixos índices de audiência e ficasse apenas na curta série, sendo que na minha opinião, muita coisa ainda poderia ter sido explorado na série, mas que infelizmente não aconteceu devido a baixa recepção.

A história se passa após os eventos ocorridos no filme The Next, e mostra o cotidiano de Kazuki Komon, um jovem que acabava de se integrar a Organização TLT, onde trabalha a equipe pacificadora “Night Riders” responsáveis por enfrentar (em segredo) monstros conhecidos como “Beasts”. Em um incidente, Komon é salvo por um Ultraman que mais tarde se revela ser Jun Himeya, os dois formam um laço muito forte e somente Komon sabe sobre este segredo. Outros Ultras malignos aparecem para dificultar um pouco as coisas, são eles: Dark Faust e Dark Mephisto (Shiniya Mizorori). Mais tarde, outro Deunamist (nome dado aos hospedeiros humanos do Ultraman) aparece e a trama muda completamente, revelando muitos segredos e adicionando muitos novos personagens.

Talvez não seja certo classificar Nexus como algo adulto, porém é fato que a série tem um clima sério, com um enredo muito bem desenvolvido, muito drama, ação e personagens muito bem explorados, sem contar os efeitos especiais de primeiríssima qualidade. É visível também que a série tem fortes influências com séries americanas de ficção científica. Altamente recomendado.


5° 009-1: THE END OF THE BEGINNING

De todas as obras que citei aqui até agora, essa pode ser considerada a mais adulta e violenta de todas. O filme é baseado na obra de mangá 009-1 escrita e ilustrada por Shotaro Ishinomori entre 1967 a 1974. Além do mangá, contou com um drama exibido ainda nos anos 60 no Japão, com o nome Flower action 009-1. Apesar de ter o “00” no início do nome e também usar a temática Cyborg, não possuí nenhuma ligação com a obra mais famosa do mestre Ishinomori, Cyborg 009.  O filme foi produzido pela Toei Company com direção de Koichi Sakamoto e lançado no dia 7 de setembro de 2013 em comemoração aos 75 anos de seu criador.

Na história, a agente secreta Mylene Hoffman tem sua família morta por uma raça mutante desconhecida, além de ser transformada em uma Cyborg com habilidades fora do normal. Ela então se torna uma espiã a serviço do governo ocidental. Ela passa a realizar uma operação para expor mutantes traficantes de seres humanos. Ao realizar a sua missão, ela conhece um homem imigrante jovem chamado Chris. Os dois se relacionam, porem Chris escondia muitos segredos em relação a sua família, e com isso, ela tem uma nova missão: Salvar as pessoas das mãos dos traficantes e também expor os segredos sobre sua família.

O Filme se destaca pelo elenco. A belíssima Mayuko Isawa expõe toda a sua sensualidade no papel da agente Mylene. Além disso, rostos conhecidos do Tokusatsu também dão as caras como: Nao Nagasawa (Nanami – Hurricane Blue), Minehiro Kinomoto (Accel – Kamen Rider W) e Mao Ichimichi (Luka – Gokai Yellow do Super Sentai Gokaiger).  Como já disse o filme é forte, violento e possui muitas cenas explicitas. Portanto, se você gosta de coisas do gênero, este filme vai agradar pois coloca tudo isso em meio a ótimas cenas de lutas e um enredo interessante.

4° KAMEN RIDER THE NEXT

No finalzinho de 2007, devido ao sucesso de Kamen Rider The First (2005), a Toei company, decidiu produzir uma sequência que se chamou Kamen Rider The Next. E como o anterior, também foi escrito pelo roteirista Toshiki Inoue. Este filme tem como protagonista Kamen Rider V3 com uma nova roupagem, aqui interpretado por Kazuki Kato. Um ano antes, ele havia participado da Kamen Rider Kabuto como Kamen Rider Drake. Apesar de ser uma sequência direta de The First, este filme tem uma história totalmente inédita e diferente, e até hoje surpreende pela sua temática séria e adulta.

A história do filme se passa 2 anos após os acontecimentos de Kamen Rider The First. Estranhos assassinatos começam a ocorrer pela cidade, com vítimas sendo mutiladas da forma mais violenta possível. Ao mesmo tempo, a ídolo pop chamada “Chiharu” se torna uma febre com a música “Platinum Smile”. Takeshi Hongo (Kamen Rider Ichigo) agora se tornou professor de ciências e passa a ter problemas com uma aluna, a Kotomi Kikuma, que era melhor amiga de Chiharu. Depois disso, Hongo acaba descobrindo que talvez a verdadeira Chiharu já estivesse morta e tudo não passava de mais um plano de dominação da Shocker. Junto com Hayato Ichimonji, o Kamen Rider Nigo, eles lutam para proteger a jovem Kotomi, porém encontram-se em dificuldades. Eis que surge o misterioso Shiro Kazami se transformando em Kamen Rider V3. Mas quem seria ele, realmente?

Esse filme tem umas das histórias mais interessantes e atuais dos filmes recentes de Kamen Rider, e sem dúvidas vale a pena ser conferido. Atualmente, os dois filmes foram lançados em Blu-Ray no Japão. 

3° KAMEN RIDER SHIN


Aqui temos um dos filmes mais obscuros e talvez mais impactantes da história do Tokusatsu. Shin Kamen Rider Joshõ (Novo ou verdadeiro Kamen Rider: Prólogo), é um filme lançado em 1991 diretamente para o mercado de home-vídeo. O “prólogo” no título nos dá indícios de que a ideia inicial da Toei Company e também de seu criador, Shotaro Ishinomori, era de futuramente criar uma série de TV, o que infelizmente não ocorreu, talvez devido as baixas vendas e retorno lucrativo abaixo do esperado.

O Filme nos conta a história de Shin Kazamatsuri (estrelado por Katsuhisa Ishikawa), um jovem que acabou sendo vítima de uma experiência de transmutação realizada pelo seu próprio pai. Shin e seu pai, mais tarde, descobrem que a organização que financiava as experiências, era na verdade quem estava causando mortes de soldados e agentes militares por toda a cidade. O Jovem Shin, agora já não é mais um humano comum, e passa a ser visto como uma ameaça. Por isso é caçado por agentes da CIA. Ele agora precisa descobrir toda a verdade, parar toda a destruição e ao mesmo tempo proteger as pessoas ao seu redor, inclusive a sua namorada Ai Asuka, o qual estava prestes a dar à luz a uma nova vida.

O filme possuí um tom sério e uma trama dramática, assim como um dos Henshin (transformação) mais intrigantes até hoje.  O próprio Ishinomori já revelou em entrevista que Shin é o seu Kamen Rider preferido, por ser o que mais se aproximou de sua ideia original. O filme também possuí um ótimo elenco com a presença de atores famosos como Akira Ishihama (Dr Tokimura em Flashman) e Kiyomi Tsukuda (Anri em Jaspion).

2° MECHANICAL VIOLATOR HAKAIDER


Em algumas produções de Tokusatsu, os vilões conseguem ganhar um grande destaque, em alguns (e poucos) casos, o vilão acaba ganhando mais popularidade do que o próprio herói protagonista da série. Este talvez seja o caso de Hakaider, vilão clássico da série Kikaider (1972), mais uma das belas criações de Shotaro Ishinomori.

Este filme que trago aqui, é estrelado pelo próprio Hakaider, trazendo uma proposta totalmente diferente do que foi mostrado na TV e também nos mangás de Kikaider. Mechanical Violator Hakaider é uma produção de 1995, e trouxe uma temática diferente do convencional vista nos Tokusatsus, sendo totalmente adulto, com uma história sombria e diversas cenas de violência, tensão e muito sangue. A direção do filme, ficou por conta de Keita Amemiya, que como já foi mencionado, é a mente brilhante por trás da franquia GARO e muitos outros heróis de sucesso. O resultado, não poderia ser diferente.

O filme traz um cenário pós apocalíptico. Na cidade de Jesus Town, o governante ditador Gulfej lidera o povo da cidade, contra suas próprias vontades. Gulfej é protegido por Michael, um androide que segue todas as suas ordens e desejos. A identidade de Hakaider, também é diferente da série de TV, seu nome aqui é Ryu, e em meio ao desespero da população, ele aparece como uma espécie de salvador, ou a última esperança, e mesmo com seu instinto sombrio e sanguinário, se une ao povo para libertá-los do regime imposto por Gulfej.

Para quem é amante de filmes de ação e também fã do universo de Kikaider vai adorar esse filme. Se não conhece nada, não importa, esta é uma boa chance de conhecer um pouco do vilão/herói com este filme impactante, que hoje se tornou um verdadeiro cult. 


1° KAMEN RIDER AMAZONS


Este ano de 2016, está sendo muito importante e marcante para o Tokusatsu, isso por que comemorasse 40 anos de Super Sentai, 45 anos de Kamen Rider e 50 anos de Ultraman. Para comemorar este feito com suas duas franquia de sucesso, a Toei Company lançou um novo projeto chamado Super Hero Year (ano do Super-herói). A primeira produção desse ambicioso projeto foi o filme Kamen Rider #1, que estreou em março nos cinemas japoneses, trazendo de volta o veterano Hiroshi Fujioka como o primeiro Kamen Rider.

No entanto, ninguém imaginava que a empresa iria tão além quando ela anunciou Kamen Rider Amazons, a segunda produção do projeto. Como todos sabem, o clássico Kamen Rider Amazon, foi a 4ª série da franquia Kamen Rider e foi lançada entre os anos de 1974 e 1975, e tornou uma das séries mais populares entre os fãs, já que a sua temática era diferente e até violenta demais para a sua época.

Com a nova série Kamen Rider Amazons, não foi diferente. A série foi a primeira produção da Toei a ser exibida diretamente via Streaming através do serviço Amazon Prime. Isso possibilitou a Toei a usar e abusar da criatividade, e ela assim o fez. O resultado foi uma série violenta, com uma trama bem desenvolvida e personagens bem caracterizados. No entanto é preciso que fique claro que a série não tem nenhuma ligação com o clássico de 1974, está é uma outra história que se passa em um universo diferente.

O sucesso da série foi imediato. A primeira temporada ainda encontrasse em exibição, programada para ter 13 episódios. A segunda temporada já foi confirmada pela Amazon Prime e deve sair em abril de 2017. Então se você ainda não conferiu, não sabe o que está perdendo. Kamen Rider Amazons, já pode ser considerada uma das melhores produções da Toei Company.

E este foi mas um Top 10 aqui no Blog Toku Force! Tem alguma série nessa temática que você curte, mas não viu aqui? Comente para nós!
Esperamos que tenham gostado da nossa lista e até a próxima!


BLOG TOKU FORCE - Valorizado o novo e o clássico das década mais divertidas de todos os tempos!