10 Motivos para você começar a acompanhar o universo Ultraman!


Boa tarde amigos Toku-fãs! Aos poucos estamos voltando com nossas matérias mensais e, este mês ainda teremos muitas novidades interessantes. Hoje trago mais um Top 10, mas este um pouco diferente dos anteriores, pois aqui eu irei listar 10 motivos para que você que ainda não conhece nada sobre o universo Ultra, possa começar a se adentrar a ele, e também para você que já acompanha possa se aprofundar mais.

Não é de hoje que a franquia Ultraman tem pouco espaço em nossa Tokunet, mas é nítido que isso está mudando a cada dia. Este post pode ajudar você a se interessar e ver que o universo Ultra tem muito mais qualidades e vantagens do que você imagina!

Deixando claro que não estou exaltando a franquia, nem me desfazendo das outras, cada franquia de Tokusatsu possuí os seus altos e baixos, assim como os Ultras, mas a intenção é destacar os pontos positivos, que com certeza despertará em você leitor, um grande interesse por este maravilhoso universo. Então vamos lá! 

1° A FRANQUIA DE SÉRIES MAIS ANTIGA DO TOKUSATSU

Como todos sabem as produções de Tokusatsu como nós conhecemos, começaram no início dos anos 50 quando o primeiro filme do Godzilla estreou no cinema, consagrando o mestre de efeitos especiais Eiji Tsuburaya, se tornando um marco na indústria cinematográfica e abrindo as portas para uma nova era de filmes e séries japonesas.

Eiji Tsuburaya, anos mais tarde viria a produzir a série Ultra Q, um clássico da ficção cientifica onde os humanos enfrentavam os monstros e alienígenas que ameaçam o Japão. Mesmo com o grandioso sucesso, houve a necessidade de se criar também um herói, e isto foi feito no ano seguinte, quando estreou a série Ultraman, caracterizando a segunda série em cores a estrear na televisão japonesa.
Mais do que apenas uma série de super-herói, Ultraman se tornou um símbolo japonês, sendo praticamente o primeiro herói de Tokusatsu a ganhar grande notoriedade tanto no Japão quanto no mundo afora. Como já era de se esperar a série deu início a uma franquia que continua firme até os dias de hoje, onde já completa os seus 50 anos.

Atualmente mesmo vendida e não estando mais nas mãos da família Tsuburaya, a empresa continua a encantar os antigos fãs e conquista cada vez mais fãs e admiradores, hoje com um olhar mais amplo, ela visa se expandir levando o seu entretenimento para o mundo inteiro, coisa que uma certa produtora nem está preocupada em fazer (E sim, estou falando da Toei ...Rsrs).
Enfim, este sem dúvidas já é um bom motivo para que você comece a acompanhar este universo de 50 anos, conhecendo os primeiros heróis que deram origem a este grande mundo dos heróis japoneses que nós tanto amamos.  

2° ROTEIROS MADUROS E BEM CONSTRUÍDOS

Uma das coisas que os fãs mais se queixam com as séries de Tokusatsu, são os roteiros que muitas vezes são considerados rasos e infantis. Tudo bem que grande parte destes seriados realmente são feitos especialmente para crianças, e o caso dos Ultras não é diferente. Mas quando falamos das séries da Tsuburaya, podemos ver que ela se preocupa muito mais com o enredo do que outras produtoras.

Um exemplo disso são as séries Ultraseven (1967) e O Regresso de Ultraman, ou Ultraman Jack (1971), essas duas séries se destacam pelos seus roteiros construtivos e adultos, em algumas vezes até mesmo com forte teor de violência. Muitos episódios continham mensagens e assuntos muito impactantes capaz de fazer qualquer um para pensar e refletir sobre variados assuntos. Nas séries seguintes, esse clima mais pesado foi aliviado, entretanto nas séries seguintes Ultraman Ace (1972) e Ultraman Tarô (1973) ainda podíamos ver os monstros sendo retalhados e muito sangue jorrando.
Tudo bem que nos anos 70 tudo era diferente, mas as séries da Era Heisei, que começaram em 1996 com Ultraman Tiga, ainda mantiveram as histórias bem elaboradas, como é o caso do próprio Tiga. Se você ainda não viu, ele foi exibido aqui no Brasil e o seu filme que conclui a saga foi lançado em DVD.  

Para quem curte séries com temática mais adulta, pode gostar principalmente das séries Ultraman Nexus (2004) e Ultraseven X (2007). A partir de Ultraman Ginga (2013) devido as exigências do mercado, as séries passaram por mudanças e toda esta seriedade foi um pouco perdida, porém a Tsuburaya ainda consegue criar histórias cativantes, sem precisar forçar a barra, vide Ultraman X (2015).

3° TÉCNICAS CRIATIVAS DE PRODUÇÃO E EFEITOS ESPECIAIS

Um dos grandes problemas na produção dos Tokusatsu nos anos 70 e 80, era o baixo orçamento e falta de recursos que existiam na época. Para se criar uma série de ficção cientifica onde era explorado o espaço com naves gigantes, e cidades sendo destruídas, o orçamento precisava ser pesado, e com isso, era necessário então utilizar da criatividade para se criar certas coisas.

A Tsuburaya sempre foi mestra em driblar esses problemas de produção, e desde a primeira série até hoje, você irá notar uma superioridade nos efeitos especiais. As técnicas com maquetes, suit motion utilizadas por Eiji Tsuburaya são usadas até hoje, ainda que o CGI tenha ganhado um pouco de espaço, ainda assim, o que era utilizado antes não foi perdido nas produções atuais.

A séries sempre contaram com produção de primeira e ótimos figurinos, e para se ter uma ideia da competência da produtora, em 1974, com a crise do petróleo, muitos recursos foram privados e pouco se tinha de recursos para produzir as séries. Para produzir a série do ano que era Ultraman Leo, ela utilizou de muita criatividade e mesmo com todas as dificuldades conseguiu concluir a série dentro do prazo. 

4° UNIVERSOS QUE SE INTERLIGAM


Nas franquias da Toei Company, as séries são únicas, e cada personagem possuí a sua história. Em alguns casos eles se encontram em filmes ou em algum episódio especial ou comemorativo. A Tsuburaya soube trabalhar muito melhor essa questão também, já que a partir da terceira série, Ultraman Jack, as séries passam a se interligar uma com a outra.

Nesta série temos o primeiro encontro entre Ultraman, Seven e Jack e aqui é inserido o conceito da irmandade Ultra, assim como também é revelado que os Ultras são alienígenas vindo da distante nebulosa M-78. Nas séries seguintes, todos os Ultra-Brothers (irmãos Ultras) vão aparecendo seguidamente e novos personagens vão sendo inseridos em cada série.

Isso acontece até o último Ultra da era Showa que foi Ultraman 80 (1980), porém a série de Ultraman Mebius (2006) serve como uma continuação, já que sua história se passa 25 depois dos acontecimentos de 80. Isso acaba formando um único universo, mesmo com as séries sendo separadas, então aquele Ultraman que você tanto gosta, sempre acaba retornando nas séries seguintes.

5° OS MELHORES CROSSOVERS

Além dos universos compartilhados, a franquia possui os melhores crossovers que você pode imaginar. A Tsuburaya também consegue ser muito profissional nesta parte e não precisa fazer uma salada mista juntando mil personagens com um roteiro mais ou menos. Geralmente esses encontros geram batalhas épicas, muitas vezes ressuscitando um vilão antigo e trazendo de volta os veteranos. Os roteiros são bem feitos e trazem um motivo convincente para que todos aqueles personagens se juntem.

Como já foi dito, os crossovers começaram já na terceira série. Em Ultraman temos a primeira aparição de Ultraman Zoffy. Em Ultraman Mebius, os Ultras vão aparecendo de cada vez homenageando alguns episódios clássicos. Já no filme Mega Batalha na galáxia Ultra (2010) além de todos os Ultras se reunirem ainda temos a primeira aparição de Ultraman Zero, que nada mais é que o filho de Ultraseven.

Além destes crossovers, dou destaque para os filmes: Ultraman Mebius & Ultraman Brothers: Yapool Ataca (2006) e Superior 8 Ultraman Brother: A grande batalha decisiva (2008), todos disponíveis aqui no Brasil. E um mais recente que também recomendo é Ultraman Ginga S 10 Guerreiros Ultras (2014). Todos excelentes filmes com ótimas histórias, trazendo de volta os atores originais.  

6° INFINIDADE DE PRODUÇÕES

Durante os 50 anos de existência, a Tsuburaya não ficou focada apenas em Tokusatsu, mas também já levou os seus Ultras para outras mídias. Em 1979, tivemos a primeira série em Anime da franquia, conhecido como Ultraman Jonias. Depois disso, tivemos outra animação, desta vez estadunidense produzida pelos estúdios de Hanna Barbera, a animação rendeu um filme chamado de Ultraman U.S.A e a ideia era produzir também uma série, mas que infelizmente não saiu do papel.

Além dessas animações, também temos os especiais lançados em vídeo, os chamados “Gaiden” que são histórias alternativas, ou contando a origem de algum personagem. Um exemplo é Ultraman Tiga Gaiden, Ultraman Mebius, A saga de Hikari e os especiais de Ultraman Zero. Outros especiais são os curtos vídeos chamados Ultraman Retsuden, que geralmente são vinculados pela TV.

7° NÃO SÃO APENAS OS HERÓIS QUE SE DESTACAM

Normalmente os monstros e vilões das séries de Tokusatsu, acabam sendo esquecidos depois da série, e normalmente você não encontra nenhum produto relacionados a eles, como brinquedos por exemplo.

No caso de Ultraman, alguns monstros acabaram ganhando muito destaque, e em alguns casos ganhando mais popularidade do que o próprio herói que ilustra a série. Nas lojas de brinquedos podemos ver uma infinidade de bonecos e produtos dos monstros da série. Baltan, Gomorra, Miklas, Red King, Eleking e Zetton, são apenas alguns exemplos de vilões populares entre os fãs da série. Muitos deles acabam sempre retornando também em determinado filme ou série, muitas vezes ganhando até uma leve repaginada.

8° INOVAÇÕES QUEM MANTÉM A ESSÊNCIA

Algumas das franquias de Tokusatsu buscaram inovações ao longo dos anos. A mais afetada por isso visualmente foram os Kamen Riders, uma vez que a franquia tomou rumos completamente diferentes da ideia original de seu autor, se descaracterizando totalmente do conceito original.

No caso dos Ultras, a Tsuburaya sempre buscou inovar sem abandonar a essência. A inovação já começou com Ultraman Tiga, e desde então muitas coisas novas foram inseridas como as diferentes formas dos heróis, e mais atualmente o uso de armaduras e os chamados Sparks Dolls que começaram a ser utilizados em Ultraman Ginga.
Olhando de perto, essas novas apostas adotadas pela Tsuburaya, não afetou em nada a imagem dos heróis e muito menos descaracterizou as suas séries... (Toei vê se aprende! hehe).

9° ÓTIMO ELENCO E ATORES VALORIZADOS 

Os atores que interpretaram os primeiros heróis da franquia, sempre viveram os seus personagens e os interpretam até hoje. Susume Kurobe é um bom exemplo disso. Hoje com seus 76 anos, ainda atua o seu personagem Hayata quando é preciso. O mesmo vale para Koji Moritsugu (Ultraseven) e Jiro Dan (Jack). O ator Hiroshi Nagano (Tiga) também já retornou em seu papel como Daigo no longa Superior 8 Ultraman Brothers.

Outros atores que sempre estão aparecendo é Shunji Igarashi (Mebius), Takeshi Tsuruno (Dyna) e Taiyo Sugiura (Cosmos). Ou seja, aqui nós não veremos um desconhecido fazendo o papel de personagem X, o ator que o interpretou pela primeira vez sempre acaba aparecendo. Apenas alguns atores não aparecem mais por problemas de contratos com a Tsuburaya ou por estarem mesmo fora do mercado, mas estes que foram citados, sem dúvidas continuaram honrando os seus papéis enquanto estiverem com fôlego de vida. 

10° OS ULTRAS ESTÃO BOMBANDO NO BRASIL E NO MUNDO!

Aqui está o motivo principal pelo qual você deve começar a acompanhar a saga dos gigantes prateados. A franquia está bombando não só no Japão mas no mundo todo. Após a Tsuburaya liberar as séries Ultraman Leo, Ultraman 80, Ultraman Max e Ultraman Mebius no serviço mundial de Streaming Crunchyroll, essas séries vem conseguindo conquistar um número significativo de nossos adeptos.

A série Ultraman X última série produzida pela Tsuburaya, foi exibida aqui no Brasil e no mundo todo em formato Simulcast ou seja, somente alguns minutos depois de ser exibida no Japão. Isso fez com que a série ultrapassasse Jiban como o Tokusatsu que chegou mais rápido por aqui. Hoje o serviço adicionou mais séries em seu catalogo como Ultraman Gaia, Ultraman Nexus, Ultraman Ginga e Ultraman Ginga S, essas duas últimas porém, infelizmente, não foram liberadas para nós aqui do Brasil.

Fora o Crunchyroll, também temos a Netflix que possuí um grande acervo de Ultraman em sua grande. A começar pelos 6 filmes disponíveis atualmente que são: Ultraman Tiga: A odisseia Final, Ultraman Dyna e Tiga: Os guerreiros da estrela da Luz, Ultraman Tiga, Dyna e Gaia: A Batalha no Hiper Espaço, Superior 8 Ultraman Brothers: A grande Batalha decisiva, Ultraman Zero: A Vingança de Belial e Ultraman Mebius & Ultraman Brothers: Yapool Ataca. Todos completos e com dublagem em português. No mês de Abril, a Netflix também liberou Ultraseven X para a alegria de todos, também com dublagem em português.

No mercado de Home-Video, temos todos estes filmes, além do Ultraman The Next, Mega Batalha na galáxia Ultra e Ultraman Saga, todos lançados em DVD pela Focus Filmes.
E não é só isso meus amigos, para quem adora ler, a Editora JBC desde o ano passado vem lançando o mangá, este que conta uma história futurística mostrando o destino do filho de Hayata, como o novo Ultraman. O mangá de Eiichi Shimizu e Tomohiro Shimoguchi se encontra em seu 6° volume no Japão, enquanto aqui no Brasil já foram lançados 4 volumes.

Resumindo, não há como reclamar e dizer que não existe nada oficialmente por aqui, já que tudo isso está disponível e com preço justo. Por que não começar a conhecer a franquia por estes filmes? Já é um bom começo. Se você tem Netflix já pode começar a ver, ou se não tem, comece pelas séries do Crunchyroll, pois lá é gratuito!

As outras séries são disponibilizadas pelo nossos queridos Fansubbers, e algumas delas você também pode adquirir em DVD na loja do nosso parceiro: Tokusatsu Video Store. - Acessem: http://www.tokuvs.com/

E este foi mais um Top 10, espero que tenham gostado e que comecem hoje mesmo a assistir essas séries e filmes. Se já conhece a franquia, comente ai: O que você mais gosta no universo Ultra ?

Valeu e até a próxima!



3 comentários:

  1. Muito bom excelente texto gosto muito do Blog Toku Force e de suas matérias eu estou celecionando os mangás do Ultraman e na minha opinião está muito legal de se ler e a trama do mangá também tem a mesma essência das séries sem fujir dos padrões dos Ultras eu tenho o dvd do primeiro Ultraman e do Ultraseven e vou começar a assisti-los voltando a falar da matéria eu achei muito legal e divertido de se ler e gostaria de deixar meu parabéns a equipe de vocês gostei muito dessa matéria

    ResponderExcluir
  2. Que show, matéria cheia de conteúdo. Confesso que Ultraman é a franquia que menos acompanho mesmo eu tendo muitas delas, tentarei ver em breve.

    ResponderExcluir
  3. 5° OS MELHORES CROSSOVERS. Sem dúvida!

    ResponderExcluir