terça-feira, 22 de setembro de 2015

Review Especial : Shichisei Toshin Guyferd


Olá Amigos Tokufãs, hoje trago para vocês um review sobre a série Shichisei Toshin Guyferd (七星闘神ガイファード Shichisei Tōshin Gaifādo, "Seven Star Fighting God Guyferd") que infelizmente não é muito comentada, acredito que pelo fato de nunca ter sido legendada em Português. Há alguns anos atrás, um Fansubber chegou a legendar o primeiro episódio da série, porém infelizmente, o projeto não foi para a frente, e hoje esse episódio se tornou raro, sendo muito difícil de se encontrar. Bom, como a série tem um visual e temática que sempre me agradaram, a minha curiosidade conseguiu ser muito maior que este "pequeno" detalhe, e me arrisquei á assistir as Raws! Confesso que me surpreendi com o que vi, sem dúvidas uma série com muito potencial, e é realmente uma pena que a mesma não tenha obtido a atenção merecida.


Ficaram curiosos ? Então leiam o texto a seguir, pois irei escrever um pequeno resumo da história de acordo com o meu ponto de vista. Consegui reunir também algumas informações sobre a série, que acredito que seja muito importante, mas ainda pretendo fazer uma matéria mais completa, e com informações mais precisos sobre a série para vocês. Muitos devem saber, o quanto é difícil encontrar material sobre Guyferd na Internet, portando o que pude encontrar estarei passando para vocês neste review. Sem mais delongas, vamos ao que interessa e boa leitura!






Vamos voltar ao ano de 1996, sete anos após o sucesso de Dennou Keysatsu Cybercops, ou para nós Brasileiros Cybercops, os Policiais do Futuro. Como acho que todos sabem, a empresa responsável pela produção dessa série foi a Toho Company (Mais conhecida pelos filmes de Godzilla), que resolve retornar com os seus Henshin Heroes, já que durante esses 7 anos, a empresa estava focada mesmo na sua franquia mais famosa, duradoura e rentável, sim os Kaiju-Eiga, mais especificamente, o Godzilla, e durante esse tempo, ela produziu 6 filmes para a franquia, sendo o último Godzilla vs Destoroyah de 1995. Eis então que no ano seguinte, a empresa se alia a empresa de jogos Capcom e anúncia Guyferd, dessa vez não com uma equipe, e sim com um herói solitário, lembrando muito inclusive as séries da franquia Kamen Rider, que com certeza foi apenas mais uma das muitas influências para a criação da série. 


A série foi originalmente exibida pela TV Tokyo, estreando no dia 8 de Abril de 1996 e sendo finalizada no dia 30 de Setembro do mesmo ano, durando apenas 26 episódios. Como já havia dito, a série possuí fortes influências com as séries Riders em seu enredo, e também teve influências em seu aspecto de Kyoshoku Soukou Guyver, mangá e Anime de Yoshiki Takaya, que são bem famosos no Japão e também no ocidente onde já ganhou inclusive versão em Live-action. Outra forte influência (Dessa vez em relação ás lutas), veio a partir do famoso mangá e também Anime Hokuto to Ken. O Estilo de luta utilizado em Hokuto to Ken, o "Hokuto Shinken" que dá para o lutador a capacidade de vencer seus adversários por dentro, atingindo os seus pontos vitais secretos, é algo bem semelhante ao estilo Ken'nou-Ryu, utilizado por Guyferd.


Como a série foi patrocinada pela Capcom, muitos produtos e jogos foram produzidos com o nome da série lançados para as plataformas, Sega Saturno e Playstation, e que conseguiram atingir um sucesso na época. Além de jogos, como de costume, também foram lançados Brinquedos, entre outros produtos. 

Para quem é fã de Cybercops, provavelmente irá gostar muito da série, e irá reconhecer muitos rostos conhecidos, pois no elenco, alguns atores que participaram da série foram escalados, como por exemplo: Ken Okabe, que interpreta o primeiro inimigo de Guyferd, Mr. Bicross, em Cybercops, ele foi o Dr Ploid. Mas o grande destaque fica para a excelente atuação de Masako Takeda como a vilã Shion, quem assistiu Cybercops, irá lembrar dela como Luna, a Rainha das Bestas.

Outro ponto positivo na série, é a trilha sonora. O tema de abertura "Towa no Chikai" contou com composição e letras de Kenzo Fukuyama, que possuí um vocal marcante, impossível não escutar esse som, e não ficar com ela na cabeça, por dias ou semanas como foi o caso deste que vos fala! (Risos) ... 

O encerramento, também é um show á parte, com voz de Kotono Shibuya "Be Friend" também é uma música marcante, muito pelo vocal doce de Kotono, assim como pela melodia e arranjos perfeitos. A Cantora Kotono Shibuya, já havia assinado contrato com a Capcom um ano antes da série Guyferd, e ficou conhecida no Japão por cantar a música "One more Time", tema do jogo Rockman X3 (Conhecido aqui no Brasil por Megaman X3). 

Abertura "Towa no Chikai" por Kenzo Fukuyama.

O ÍNICIO...

A história nos apresenta Go Kazama (interpretado por Hiroyuki Kawai). Um jovem aventureiro e praticante da arte de Karatê "Ken'nou-Ryu", um estilo de luta que possibilita destruir o inimigo atingindo seus pontos vitais secretos. Após uma longa jornada em busca de seu irmão Masato Kazama (Shigeaki Kano), que se encontrava desaparecido, Go retorna para sua antiga casa no Japão, onde também fica o dojo onde costumava treinar juntamente de seu irmão. Infelizmente, ao retornar Go só encontra com Rei Kujou e Yuu Kujou, dois irmãos que costumavam praticar artes marciais com Masato, inclusive a técnica Ken'nou-Ryu. 


Os dois irmãos, também estavam á procura de Masato, e com isso, passam á auxiliar Go nesta busca. Ao chegar no Dojo, Go é desafiado por Jarks um lutador de Karatê, que não admite a sua "derrota" e ao se confrontar com Go do lado de fora do Dojo, os dois são atacados e capturados por soldados misteriosos. Go passa á ter alucinações e tem uma breve conversa com seu irmão Masato através de telepatia. Ele fica um tempo inconsciente, e quando acorda, se vê em um lugar totalmente estranho, que parecia ser uma base secreta. Um pouco tempo depois, ele descobre que foi raptado por uma organização maligna denominada Crown, cujo objetivo era criar o Cyborg "mais poderoso", para isso, eles visavam sequestrar lutadores e praticantes de artes marciais mais fortes do Japão, para assim, criar uma simbiose entre o humano, e um parasitada conhecido como Fallah (leia-se "Farah"). 

Por sorte Go consegue escapar antes que sofresse uma operação, mas percebe que estava trajando uma armadura semelhante a que era utilizada pelos soldados de Crown. Em sua fuga, ele acaba conhecendo o Dr. Takeo Shiroishi, um ex-ciêntista de Crown, que se encontrava preso por ter se rebelado contra a organização, após descobrir os seus planos malignos. Os dois fogem juntos, mas lá fora se deparam com Jarks, que nesta hora, já havia se tornado um Mutian (Humanos que sofreram mutação com o parasita Fallah, possuídores de uma aparência monstruosa com força e QI muito mais elevados). Jarks, foi também quem destruíu o laboratório de Crown, possibilitando que Go e Takeo fugissem da base.

Começa então o primeiro confronto, Go se vê em apuros mediante á força brutal de Jarks, que a essa altura já não possuía mais consciência. No último minuto uma força misteriosa toma conta de Go, e o transforma em guyborg, nomeado por Takeo como Guyferd. Go havia sido parasitado com Fallah, acidentalmente durante uma de suas viagens, e o ódio fez com que esse poder despertasse ali mesmo. Ele agora possuí tanta força quanto Jarks, e o enfrenta de igual para igual, porém devido ao fato de sua arte de Ken'nou-Ryu ser muito mais eficiente, ele consegue destruir Jarks, usando uma de suas técnicas elementares. As técnicas de Guyferd, consiste em utilizar 5 energias elementares ( Fogo, terra, natureza, água e metal), além de 2 energias etéreas (Estrela e ar). Usando esses elementos, ele pode utilizar 7 técnicas especiais conhecidas como Shichiseiha, inclusive a sua técnica final, Kyoukuseiken (punho estrela final), um poderoso ataque vindo de sua energia estrela, utilizado normalmente para finalizar os ataques. 


 

Após a derrota de Jarks, a organização Crown recupera a sua base, e passa á realizar novas experiências raptando os lutadores mais famosos do Japão. Shion Megumi ( Masako Takeda), passa a assumir a posição de Takeo, e é ela quem passa a comandar a organização, sendo a mais fiel assistente de Mr. Bicross ( Ken Okabe). 

Os planos de Crown ainda são desconhecidos, e Go ao lado do Dr. Takeo, Rei e Yuu, precisam descobrir os seus planos reais, derrotando os monstros e Cyborgs que são enviados um após o outro. A trama de Guyferd começa á ficar muito interessante, e muitos mistérios tendem á ser revelados. No episódio 07, já temos uma grande reviravolta na história. Go resolve invadir a base de Crown, e enfrentar Mr. Bicross cara á cara, ele então revela a sua verdadeira identidade, se fundindo com Fallah e revelando ser um Guyborg poderoso, enquanto isso, Rei e os outros precisam soltar todos os lutadores que estavam aprisionados, e entre eles, encontram nada mais nada menos, que Masato, o irmão de Go. Infelizmente, Masato já não era mais o mesmo, e também havia sido transformado em DeathFerd, um poderoso Guyborg, com o mesmo poder e técnicas de Guyferd.




DeathFerd ataca seu irmão sem pensar, porém foge, a luta entre Bicross e Guyferd, temina com a vitória de Go. Mais tarde, ele encontra Masato novamente, porém Masato estava sendo controlado por Shion, que conseguiu escapar da base. Quando Masato se transforma em DeathFerd, ele fica sem controle de si mesmo, e parte para lutar com Go que não vê outra alternativa a não ser lutar contra seu próprio irmão. Como o poder dos dois são praticamente iguais, a luta termina em empate, e Masato consegue se livrar dos domínios de Shion, porém usa suas últimas forças para destruir de vez, toda a base e laboratório da organização Crown. Masato misteriosamente desaparece em meio aos escombros, e Go e outros lamentam a suposta "morte" de Masato. 


Após este incidente, Go segue Shion, que ainda estava viva, e o verdadeiro inimigo é então revelado. Trata-se de Zodiac, que nada mais é que o cerébro de Crown. Zodiac, era um cientista, e foi ele quem descobriu o parasita Fallah na América do norte, ele se tornou um ser poderoso após diversas experiências, e o seu objetivo maior era é se tornar um "Deus" e dominar todo o mundo. 

Ele pretende usar toda a sua técnologia para criar desastres catastróficos em todo o mundo e anúncia uma infestação mundial em massa de Fallah. Os monstros enviados por Zodiac são os MetalFerds, muito mais poderosos que os Mutians, e tem podereses semelhantes aos de Guyferd devido ao bio-mecanismo do corpo de Guyborg e a habilidade de empoderamento de Fallah. O enredo de Guyferd vai evoluindo, e novamente vai nos trazendo grandes surpresas, como o passado de Shion que é mostrado, juntamente do seu triste desfecho na série, mostrando seus reais motivos por ter sido submetida aos planos e vontades de Zodiac. 

Guyferd, consegue derrotar todos os Metalferds, e Zodiac, revela sua forma final de Guyborg, evoluindo seus Metalferds para GaiaSoldiers, e assim, executando seu último plano de conquista da terra, denominado "Gaia Operation", ele pretende utilizar a tecnologia Gaia net, para infestar o mundo com Fallah, e assim dominá-lo. Os momentos finais da série, são muito emocionantes e empolgantes, os Gaia Soldiers, se mostram muito superiores aos Mutians e aos Metalferds, e se mostram ser inimigos formidáveis, que dão um grande trabalho para Guyferd. Em um momento, Guyferd é destruído, ao confrontar-se com o GaiaSoldier Wolf, que suga toda a energia de Guyferd, além de destruir a pedra em seu cinto, que é fonte de sua energia vital. 





O Falecido mestre de Go, aparece em espírito e fala com Go, além de lhe dar uma nova fonte de vida, Guyferd retorna e desta vez decidido a acabar de vez com os planos de Zodiac. Desta vez, ele não está sozinho, pois acontece o retorno inesperado de Masato, acontece que após a queda da base de Crown, ele conseguiu escapar, e ficou um tempo vagando inconsciente. Agora sem o domínio de Shion, Masato se une ao seu irmão Go para eliminar Zodíac. 
O Plano de Zodiac, o Gaia Net que visa infestar o mundo com a praga de Fallah, tem inicio, e muitas pessoas começam á serem infectadas. É chegado o dia do aniversário de Go, Rei e Yuu, pretendem fazer uma festa surpresa para ele, porém, são covardemente atacados por um poderoso GaiaSoldier, que rapta Yuu além de ferir gravemente Rei. Ela consegue mandar um "s.o.s" para Go, que vai correndo até o apartamento. Lá, ele encontra Rei machucava, e percebe que Yuu fora sequestrado, ele então parte para salvar Yuu, enquanto o Dr. Takeo cuidava de Rei. 

ATENÇÃO! O TEXTO A SEGUIR CONTÉM SPOILERS (se não quer saber o final da série, pulem essa parte do texto).



Go segue as pistas de Yuu, e consegue 
chegar ao local onde ele estava sendo feito refém, onde também se encontrava a base secreta de Zodiac. Ao se confrontar com o GaiaSoldier, Go grita "Guykisou" e se transforma em Guyferd, porém o monstro se mostra muito superior a sua força, e Go utiliza toda sua força espiritual. 

Ao chegar em seu limite, ele perde o poder para se transformar, e nesta hora surge Zodiac, que leva Go para os confins de sua base, ele pretende usar o corpo de Go, como pilar para que o plano GaiaNet fosse ativado. Masato chega ao local, e salva Yuu, transformando-se em Dearthferd, ele enfrenta o GaiaSoldier, e após uma dura e difícil batalha, enfim consegue destruir o inimigo, e todos partem para a base inimiga para salvar Go. Lá, são impedidos por Zodiac, que mostra toda a sua força brutal contra Masato. 

Quando Rei e os outros conseguem enfim chegar até Go, eles percebem que o pior poderia ter acontecido e Go, já se encontrava sem nenhum sinal de vida.Todos lamentam sua morte, até que o mestre de Go aparece em espirito novamente, e diz que Go não havia morrido, todos precisam juntar seus espíritos e forças para Go, para que ele ressuscitasse. Todos eles juntam as mãos, e unem seus pensamentos, enviando energias positivas para Go. Quando Deathferd já estava para ser derrotado por Zodiac, Go ressurge e salva seu irmão, os dois enfrentam Zodiac com todas as forças, a máscara de Zodiac e destruida, o seu rosto real é revelado, que se mostra uma aparência aterrorizante (para não dizer grotesca). 


Guyferd e Deathferd então unem as forças e cria um ataque combinado, o "Renki Kyokuseiken", Zodiac também libera toda a sua força, e os dois poderes se chocam (No melhor estilo Dragon Ball Z), resultando na vitória dos irmãos, e a destruição completa de Zodiac.

Porém, a vitória não estava decidida ainda, e os dois precisam deter o GaiaNet, que continuava a atingir as pessoas da cidade. Eles entram na base, que começa a desabar, e os escombros impedem a passagem dos dois, Masato decide abrir caminho para o irmão Go, e usa suas últimas forças para segurar um enorme pilar, para que Go pudesse chegar até o seu destino.

Go, vê que o GaiaNet era uma energia vindo da espada de Zodiac, que estava enfincada em uma pedra. Go se joga para remover a espada e impedir com que a energia maligna continuasse a ser enviada para a terra, ele consegue, porém a base explode e vai pelos ares.... Do lado de fora, um enorme arco-íris é formado, finalmente a paz havia sido retomada na terra, as flores voltam á crescer, e os pássaros voltam á cantar... Porém, o que aconteceu com Go e Masato? Todos lamentam, agradecem á luta dos dois até então, e dizem que um dia os encontraram novamente... 

Após isso Go e Masato partem para uma viagem desconhecida, em uma bela uma imagem no por-do-sol com a frase "Guyferd Forever"

CONSIDERAÇÕES FINAIS



Assim termina Shichisei Toushin Guyferd, sem dúvidas, uma das melhores séries que tivemos nos anos 90, uma trama bem desenvolvida que consegue prender o telespectador do inicio ao fim. O maior destaque então fica para as lutas, que foram sempre muito bem interpretadas, para quem é fã de artes marciais, é um prato cheio. Os personagens tem muito carisma, e o elenco foi muito bem escalado... Outro ponto forte de Guyferd, é a parte visual e figurino, não só os trajes de Guyferd e Deathferd, mas os vilões também possuem características próprias, percebe-se um zelo, e cuidado muito grande pela produtora na hora de desenvolver e criar cada personagem. 

Em resumo final, indico para todos assistirem a série, não se intimidem em assistir Raw, pois o enredo é fácil de se compreender, sem muitos mistérios, vale a pena apreciar os shows de luta presentes na série, assim como a trilha sonora de arrepiar... 

Espero que este review tenha ajudado a alguns á despertar o desejo de assistir á série, e para quem já assistiu que possam relembrar essa excelente produção da Toho. Espero um dia ver essa série legendada em Português, quem sabe até em um site de Streaming, vamos torcer! 

A série pode ser assitida pelo Youtube, e já se encontram os primeiros 9 episódios com legendas em Inglês: 
Guyferd 1 - 9 English Subtitules.

Já para quem assim como eu, não gosta de assistir pelo Youtube, o PlanetSatsus, tem todas as Raws disponíveis para Download: 
Projeto-shichisei-Toushin-guyferd.

Obrigado por lerem esse review, continuem nos acompanhando que em breve, novos reviews estarão aqui para o deleite de todos! Arigato! e Guykisou! 


terça-feira, 15 de setembro de 2015

Papo de Tokufã Especial com: Marcos Lima

Olá amigos Tokufãs!
Primeiramente, gostaria de agradecer á todos que acompanham nosso Blog, seja curtindo, compartilhando ou comentando, saiba que para nós, tudo isso é muito importânte, e nós estamos realmente muito satisfeitos com o Feedback positivo que temos recebido por parte de vocês, á todos o nosso muito obrigado! Continuando os papos de Tokufã especiais, hoje trazemos um papo muito bacana e descontraído, com um grande amigo e Tokufã, dono e administrador de diversas mídias respeitadas na Tokunet. Dono também de um grande conhecimento de Tokusatsu, e que sempre contríbui para o sucesso do mesmo, desde o tempo do Orkut... Além de ser DJ... Estou falando de Marcos Lima! Bom, se você é fã de Tokusatsu e principalmente da franquia Ultra, com certeza já o conhece, ou ao menos já ouvir falar sobre ele... 
Sem mais delongas e vamos conhecer mais um pouco sobre ele, e o que ele tem a dizer sobre Tokusatsu e Ultraman!




TOKUFORCE: Primeiramente, conte-nos um pouco da sua experiência com o Tokusatsu, e o que o fez se tornar um dedicado fã de Ultraman?



MARCOS: Saudações Siderais a Todos do Blog Toku Force--
Na grande verdade sou um fã ardoroso das décadas de 60 e 70, que ao meu ver são as mais criativas das produções de Tokusatsu no Japão, e Ultraman se faz muito presente nestas décadas e por consequencia  arrebanhou fãs que perduram até os dias de hoje( E Eu sou um deles..rss), e nestas décadas que citei a imaginação criativa era a mola mestra pra dar vida e ação aos Herois aliada a roteiristas competentes, a falta de recurssos financeiros,  prazos apertados para a entrega de Eps,  e  equipes de suporte para produção esforçadas que se esmeravam para dar o seu melhor em uma época que os computadores ainda não eram aliados das produtoras e dos técnicos, e é neste cenário que o Mestre Eiji Tsuburaya surge criando técnicas para o cinema (Godzilla) e mais tarde trazendo toda esta bagagem criativa para a Tv e assim criando personagens que perduram até os dias atuais, eu tive contato com o Tokusatsu muito cedo pois morei no Bairro da liberdade antes de vir definitivamente para o Rio De Janeiro e isso facilitou meu acesso a este mundo mágico, e antes mesmo de ver Ultraman na Tv eu já tinha em mãos revistas vindas do Japão falando dele e de Ultraseven........tavez sejam estas algumas das razões pra ser táo obssecado por esta franquia.

TOKUFORCE: Henshin World, Tokyo Space, TokuBook, Ultraman forever e agora o Battle Nerd. São algumas mídias no qual você está muito presente e possuí muita interatividade com outros fãs. Inclusive muitos que só curtiam Super Sentais e Kamen Riders, deram uma oportunidade para as séries Ultras muito por conta do seu trabalho.
Como você vê essa iniciativa que valoriza a franquia Ultra atualmente nas mídias no qual você atua?


MARCOS: Então....rsss
Já fazem aproximadamente 17 anos que levanto a Bandeira do Tokusatsu na Internet e  algumas coisas melhoraram muito  e outras continuam na mesma....
Pois muitos Tokufãs além de não conhecerem a franquia nunca nen se deram ao trabalho de pesquisar sobre a trajetória deste personagem que além de ser um dos maiores ícones do Japão também é a franquia de Tokusatsu mais antiga da Tv, e que só por estes dois motivos já requer atenção e merece sim ser pesquisado embora ninguém seja obrigado a virar fã da franquia, más se voce se diz Tokufã então a pesquisa é quase que obrigatória até por uma simples questão de conhecimento.
Sempre fui muito presente dentro da Tokufriends e do Tokyo Space pois  foram os primeiros lugares onde me foi cedido um espaço pra falar de Ultraman desde a época do finado Orkut e foi lá que consegui descobrir muitos outros fãs da franquia que hoje são meus amigos virtuais e outros até já conheci pessoalmente,  hoje consigo ver que muita gente se tornou fã de Ultras por minha causa(Teimosia - Mode ON) e que o espaço se tornou maior em varios Grupos e Pages permitindo que Ultras sejam mais divulgados por aqui e embora muitos ainda torçam o bico para os Ultras afirmando que são séries toscas e repetitivas, quem já acompanhou alguma das Ultra-Series hoje pode comprovar que as coisas são bem diferentes dentro deste universo, e o fato das mídias citadas terem aberto um espaço para que eu pudesse falar de Ultras foi um grande progresso, porque na verdade o espaço não foi aberto pra mim....................e sim para Ultraman.


TOKUFORCE: Muitos Ultras marcaram a história dos Ultra fãs no Brasil, como Ultraman, Ultraseven e Ultraman Jack.  No caso do Ultraman Tiga, que foi o último a ser exibido na Televisão Brasileira, o que mais lhe marcou na série?



MARCOS: Falar de Ultraman Tiga pode ficar muito extenso pra mim....kkkkkkk
Más vou me controlar, ok?
Em primeiro lugar Ultraman Tiga chega a Tv sendo o pioneiro em vários pontos, como por exemplo nunca tinha se visto dentro da franquia Ultraman uma mulher chefiando um Esquadrão de Combate aos Monstros (Que são uma marca registrada dentro da franquia) e que acaba dando outro aspecto para a equipe  GUTS, pois apesar de ser forte nas decisões também tem um coração amoroso. Representada pela linda Atriz Mio Takaki:  a Capitã Megumi Iruma enche de beleza a base da Guts.
Ultraman Tiga também traz uma atriz que tem o DNA do primeiro Ultraman...rsss, estou falando da atriz Takami Yoshimoto que é filha do ator Sussumo Kurobe que interpretou o Oficial Hayata o alter ego do primeiro Ultraman, na série ela interpreta a oficial Rena Yanase, que é apaixonada por Daigo sem saber que ele é Ultraman Tiga.




A Série deu uma revitalizada na franquia com roteiros brilhantes, BGMs contagiantes, elenco carismático e ainda com uma produção caprichada nos figurinos e nos trajes de Aliens(Seijins) e Monstros (Kaijus) tudo isso fez com Ultraman Tiga soprasse um novo gás na franquia e sem contar que nen acreditei no dia em que vi anunciar que um novo Ultra ia estrear aqui no Brasil....acho que estes são os principais atributos da série.




TOKUFORCE: Se você pudesse formar um ranking com os 5 Ultras mais poderosos da franquia, quais seriam esses Ultras?

MARCOS: Formar um Ranking com estes gigantes pra mim é um tanto dificíl  pra mim, pois não consigo ver um Ultra mais forte do que o outro, de verdade o que vejo é que cada um tem sua peculiaridade em termos de poderes e ação...
Até porque com o avançar das décadas e a evolução dos efeitos visuais pode parecer que os mais novos sejam mais fortes do que os primeiros, más posso citar os que eu acho que se destacam na raça em termos de disposição para combate.



Posso citar "Ultrama-Léo" como um dos mais valentes e raçudos na hora da briga tanto na sua forma humana quanto em sua forma real (Ele não tem hospedeiro), pois esta série foi produzida em plena crise do petróleo  que assolou o mundo e isso tornou a venda de supérfluos (Toys ..Bugingangas..vinyl) algo descartavél,  assim a Tsuburaya teve de investir nas artes marciais dentro desta série e  fez deste Ultra um grande combatente nos cambates corpo a corpo, já que não tinha dinheiro pra investir em raios e outros tipos de efeitos especiais.


Também não posso desconsiderar Ultraseven que embora não tenha sido criado como um seguimento de continução da franquia é até hoje o Ultra mais revisitado de todos e que é o detentor da arma mais mortal de toda a franquia Ultramam e quem conhece o Heroi sabe que estou me referindo ao Eye-Sluguer que é a foice  que ele carrega em sua cabeça  e este Ultra é considerado o General da Tropa Ultra..........e isso deve ter um bom motivo, né....rssss






Os poderes de Ultraman Jack não também não podem passar desapercebidos, pois os fãs Brasileiros os conhecem bem e além de sua  grande obstinação em derrotar um inimigo este Ultra conseguiu a simbiose total  com seu hospedeiro humano, absorvendo até suas memórias chegando ao ponto de seu coração se apaixonar pelas mesmas pessoas que seu hospedeiro, e o mais interessante e ver que a união entre os dois foi tão completa  que ao partir de nosso planeta no final de sua saga ele leva consigo o corpo de seu hospedeiro em um final jamais visto em nenhuma outra série Ultra até hoje.



Outro Ultra que merece meu respeito é Ultraman-Mébius por varios motivos e um deles foi a grande sacada de construir a série ambientada em uma época em que ja se faziam 25 anos que Ultraman 80 tinha partido do planeta terra e isso possibilitou sua colocação como um Ultra-Heisei que era a continuação direta de um Ultra-Showa permitindo que todos os Ultras da chamada era de ouro pudessem interagir com Mébius (Estratégia similar usada anos mais tarde pela Toei em Gokaiger) sem contar a infinidade de raios e formas que este Ultra vai ganhando até final de sua jornada na Terra.
E Por útimo eu não poderia deixar de  citar aqui Ultraman-Ace que surge na franquia com uma inovação que revolucionou o universo de M-78, pois este Ultra tinha nada mais nada menos do que dois hospedeiros humanos um homem e uma mulher e a isso foi atribuido que ele tinha duplo poder ou seja tinha a bravura e a coragem de um homem e o amor e a ternura de uma mulher, embora eu nunca o tenha visto Ace ter nenhum ato de ternura em relação aos seu inimigos que não eram simples Kaijus como tinha sido mostrado nas series anteriores e sim bestas modificadas  chamadas de Shojus que eram muito mais dificeis de matar, e durante seu tempo de missão em nosso planeta Ace se mostrou  também muito destemido com uma infinidade de poderes mortiferos.
Vale citar que esta série influencior fortemente as crianças da época, pois os hospedeiros humanos Hokuto & Minami davam saltos mortais para se transformarem e por consequencia disso as crianças começaram a se machucar ao imitar os protagonistas.......

Resultado achado pelos  roteiristas foi fazer com que Minami fosse embora para a lua pois acabou descobrindo que não era humana e que pertencia a uma antiga civlização lunar......assim ela parte da Terra entregando o seu anél a Hokuto que a partir deste dia passa a se transformar sózinho.

UFA!!!.........Acho que montei o meu Ranking....





TOKUFORCE: Diga duas coisas que você gostaria de perguntar pessoalmente a Eiji Tsuburaya.



MARCOS: Engraçado ....Esta pergunta já me foi feita e eu nunca respondi....rss
Más desta vez não vou deixar passar.

01-Mestre Eiji, gostaria muito de saber o que o senhor acha dos rumos que a franquia Ultraman seguiu? O Que o senhor tem a dizer?

02- Mestre Eiji, levando em consideração que o Sr Shotaro Ishimori era seu seu fã o  senhor teria algo a dizer a ele em relação a franquia Kamen-Rider?


TOKUFORCE: Conforme o passar dos anos, o Tokusatsu passou por diversas mudanças. Em alguns casos, tivemos franquias que se descaracterizaram totalmente, como aconteceu com os Riders, por exemplo. Os Ultras, de certa forma também foram afetados pelo tempo. O que você achou dessas inovações na franquia? 





MARCOS: Como venho dizendo ao longos dos anos sou super a favor das inovações dentro da franquia Ultraman ou de qualquer outra, só não concordo com a descaracterização da obra como um todo......pois vejo por aí que muita coisa foi criada e a obra principal foi esquecida.


No caso da Tsuburaya a coisa foi da mesma forma, só que a empresa já notou que pode inovar sim, pois é uma tendencia para poder chegar a outros fãs(Consumidores), porém os executivos também já entenderam que embora novos conceitos sejam inseridos a obra não pode ser esquecida e foi o que aconteceu com Ultraman X que chegou forte atraindo novos e velhos fãs porque todo o conteúdo das Ultra-Séries esta lá contido somado as inovações.
Em Ultraman Ginga muita coisa foi deixada de lado e na sua continuação direta Ultraman Ginga S alguns conceitos foram trazidos de volta e em Ultraman X a atmosfera foi totalmente restabelecida com uma nova roupagem, e por isso todo mundo se juntou de novo na frente da Tv pra acompanhar.

Felizmente a Tusburaya acordou.....
Fui bastante criticado na Net por dizer que outras franquias hoje só usam o nome...más é assim que eu realmente penso.


TOKUFORCE: Atualmente, séries como Ultraman Leo, Ultraman 80 , Max, Mebius e o atual X estão sendo exibidos via Streaming no Site Crunchyroll. Porém, vemos que muitos ainda não se adaptaram a este novo formato de mídia, que promete ser o futuro para os Tokusatsus no Brasil. Qual a sua opinião sobre este assunto?




 MARCOS: Me Desculpem más na verdade acho que o tem fãs muito preguisoços que não querem sair de sua zona de conforto, pois criar posts reclamando que não tem mais Tokusatsu na Tv é facil.....quero ver fazer algo importante e de peso pra a ideia de que novos Tokus possam chegar até nós .
Quando descobri o Crunchyroll fui o primeiro a alardear a noticia no meu grupo, no grupo dos amigos, pages e até em minha Timeline, avisei a todos que quando Ultraman X chegasse por lá então teriamos 5 Ultra Séries inéditas pra se assistir de GRAÇA.....qual foi o resultado de toda esta divulgação?????........Nenhum.


Depois de um tempo surge a noticia que a mídia Netflix estaria negociando varias séries para reprisar e os pseudo-tokufãs fizeram o maior alarde com a bomba, e em alguns lugares da internet a postagem sobre o assunto foi postada por mais de um dia seguido.
Sei que o que estou escrevendo aqui pode não agradar algumas pessoas e talvez nen seja publicado, porém acho que ao invés de se pagar pra assistir um monte de séries que todo mundo ja viu porque baixou da net....ou porque adquiriu com vendedores...ou compraram em lojas, porque não assistir de graça algo inédito??? Pra mim é estar comemorando "mais do mesmo" e pior que isso é não perceber que a chance de atrairmos mais séries inéditas esta bem aí na nossa frente pois quanto mais acessos no Crunchyroll mais aumentam as chances de novos Tokus cheguem até nós.
Más o povo prefere ficar na mesma, e ninguém se ligou que o site Crunchyroll anunciou Kamen Rider Ghost......




Eu estava esperando uma boa oportunidade pra falar sobre isso e a oportunidade surgiu.......O Crunchyroll publicou um anuncio sobre Kamen Rider Ghost sem nenhuma promessa de exibição, más acredito que este anuncio não foi em vão, pois os únicos Tokus disponiveis lá são Ultras, então acho que é legal a galera se ligar pois esta pode ser a mídia do futuro pela qual  ainda temos uma chance de rever nossas amadas séries chegando até nós, e agora é a hora de enxergar o futuro que já esta se apresentando pra todos nós.


TOKUFORCE: Atualmente, Ultraman X tem feito um enorme sucesso, tanto que está conseguindo atrair novos fãs para a franquia. Para você, qual o segredo para este sucesso?



MARCOS: Antigas formulas renovadas.....
As inovações chegaram até a franquia, e os antigos conceitos aliados a um bom diretor fez toda diferença e o elenco conquistou  
o público de cara.
A Série é veloz sem atropelos e a cada Ep tem uma surpresa ligada ao passado dos Ultras e as homenagens e refencias estão presentes somadas a novos contextos, Ultrafãs adoram isso, e pelo visto não são só os fãs de Ultraman que estão garantido a audiencia de Ultraman X.
Temos um novo Esquadrão...Temos um novo tema militar empolgante...temos novos personagens femininos em destaque...Temos Crossover equilibrados que relembram Eps do passado...Temos antigos personagens repaginados....Temos naves de combate...Temos novos veículos....Novas armas espetáculares....e um elenco que transmite segurança e simpatia.....Temos o visual adequado sem muita macaquice.
Estes são itens que durante décadas vem mantendo a franquia viva.......

Sem contar que como a franquia Ultraman sempre sai na frente esta é a primeira série de Tokusatsu transmitida em Simultcast por um Site......né?

TOKUFORCE: Fora o Tokusatsu, o que mais você gosta de assistir entre filmes e séries?

MARCOS: Assisto de tudo um pouco, más confesso que as produções asiáticas me prendem muito mais tenho assitido Death Note também pelo Crunchyroll e tenho gostado bastante, to com a primeira temporada de Gothan pra assistir e também to iniciando a terceira temporada de Under The Dome, em breve terei de arrumar espaço no HD pois o negocio ta ficando pesado aqui......Ah amanhã devo assistir Shingeki  No Kyojin .
Queria muito ter mais tempo pra assistir mais e mais outras séries e filmes, más meu trabalho também me tira muito tempo....rsssss


TOKUFORCE: Para finalizar deixe uma mensagem para o Blog Toku Force e para todos os fãs de Ultraman e Tokusatsu espalhados pelo Brasil. 


MARCOS: Primeiro queria dizer que foi uma honra ter sido entrevistado por voces aqui do BTF e também pedir-lhes desculpas por ter me estendido muito nas respostas, más quando me deixam falar ou digitar é dificíl de parar, rsss
E Desejo a voces do Blog Toku Force muita força e que voces se mantenham assim caprichosos e educados com todos e que os acessos se tripliquem e que as pessoas que acessarem sempre saiam daqui com a informação correta e sempre voltem.


Aos Ultra-Fãs e Tokufãs de uma maneira geral eu lhes digo que se orgulhem sempre de gostar de séries vindas do Japão e que sempre se permitam ao novo e ao desconhecido pois as descobertas dentro deste vasto universo do Tokusatsu é sempre um novo mundo a ser conquistado....\o/

Ultra Abraço a Todos....


E este foi mais um papo de Tokufã! Se você gostou do papo, não se esqueçam de deixar aqui os seus comentários, curtem e compartilhem o nosso trabalho, e faça essa entrevista chegar a todos os nossos amigos Tokufãs! 
Até a próxima! 

quarta-feira, 9 de setembro de 2015

Papo de Tokufã Especial: com Venâncio Souza

Fala galerinha tokufanática!
Hoje, dia 02 de setembro estamos em festa comemorando 2 anos de blog tokuforce. Matérias especiais que serão publicados em todos os finais de semana aqui no blog.
E aqui na sessão Papo de tokufã não será diferente!
O papo de hoje (o primeiro do mês, e primeiro de vários que ainda estão por vir), será com o nosso querido parceiro e redator do nosso blog, o Venâncio Souza.  Venancio entrou para a equipe ano passado logo depois do primeiro aniversário do tokuforce e desde então não tiver a oportunidade de fazer uma apresentação digna do nosso amigo.
Agora, chegou a oportunidade e é com satisfação que ele fará as honrarias da casa dando início às entrevistas dessa sessão que contará com mais 7 sessões nesse mês comemorativo.
Vamos conhecer um pouco sobre o nosso querido amigo tokufã?



TOKUFORCE: Como você define o TokuFã Venâncio Souza?


VENANCIO: Bom, primeiramente boa tarde a todos, é um prazer enorme participar desta entrevista, pois como foi dito a cima, só agora estou podendo me apresentar de forma adequada a todos vocês leitores. Então agora será o momento para nos conhecermos melhor! 

Ao contrário de muitos fãs, eu não presenciei a era de ouro da Rede Manchete, quando o Tokusatsu estava no ápice do sucesso, mas me lembro de ter conseguido assistir ainda Kamen Rider Black RX, Winspector e Solbrain, lá por volta de 1997 e 1998, infelizmente quando a emissora já estava quase fechando... Depois, assim como todos da época, fui acompanhando ás séries Power Rangers, que até então, era o que fazia mais sucesso, e acompanhei Ultraman Tiga, quando foi exibido na Rede Record, e depois na Rede 21, então posso dizer que o Ultraman Tiga, foi o primeiro Tokusatsu que eu assisti por completo.

Claro que até então, eu nem imaginava que se tratava de Tokusatsu, e muito menos o que aquilo significava. Logo alguns primos mais velhos me apresentaram o Jaspion. Na hora me lembrei das séries que havia assistido anos antes, e achei aquilo magnifico, as lutas, os efeitos, as músicas, tudo para mim era fantástico... Foi então que comecei a pesquisar e buscar conhecimento sobre o assunto. Como na época eu não tinha computador, ficava horas e horas nas lan houses, assistindo vídeos, e pesquisando sobre Tokusatsu... Rs

Depois, disso tive em mãos a série Kamen Rider Black, e dê cara me tornei fã da série, assim como de toda a franquia e das obras de seu criador Shotarô Ishinomori. Hoje procuro ser um fã bastante dedicado, estou sempre tentando adquirir mais conhecimento, e assistir mais e mais séries... Ás vezes é difícil conciliar o tempo pra ver Toku, e o tempo para cuidar das obrigações, infelizmente o tempo passa, e algumas responsabilidades nos toma muito tempo. Mas todos os dias reservo algumas horas do meu dia, para me dedicar e assistir Tokusatsu, que para mim, foi fundamental para o meu crescimento e formação como ser humano, e ainda continua sendo essêncial para a minha vida.

TOKUFORCE :Como foi que conhecestes o TokuForce?



VENANCIO: O Toku Force veio até mim por acaso, estava eu fazendo uma pesquisa sobre a série Robô Gigante, e acabei encontrando o Blog. Quando li o título na hora eu abri a matéria escrita pelo Admilton, que ficou excelente e ali estavam exatamente ás informações que eu buscava! A partir daí, vi que o Blog tinha potencial e matérias construtivas e informativas, foi então que eu comecei a acompanhar, vi também que o Blog também tinha um diferencial, que eram essas entrevistas... Rs Achei muito bacana, e olha, nem imaginava que um dia faria parte da equipe, e que ainda seria um dos colunistas... Realmente este mundo dá voltas XD

TOKUFORCE : Qual foi a primeira matéria que você leu no TokuForce?

VENANCIO: Então, como já disse á cima, a primeira foi a matéria do Robô gigante, mas depois dessa matéria, eu li praticamente 80% de todo o material que tinha no Blog Rs ... Uma matéria bem marcante para mim também, além dessa do Robo gigante, foi uma sobre os Games de Tokusatsu, escrita pelo Vinícius Ramos, foi um conhecimento a mais que adquiri, pois tinham games ali que eu nem imaginava que existiam, então foram essas as duas primeiras matérias que li, e também as que eu mais gostei de ler.

TOKUFORCE: De leitor assíduo do TokuForce a integrante da equipe de redação, como você descreveria sua trajetória em um blog que ainda está buscando um lugar ao sol na TokuNet?

VENANCIO: Eu acompanho a Tokunet desde 2007, que foi quando eu passei a pesquisar sobre Tokusatsu e também a acompanhar as séries de verdade. Sites como Tokufriends, TokuSchool, Tokusatsus.Com.br e o Megasatsu, foram os primeiros que tive contato... E Claro, sempre tive um desejo enorme de participar de algum site, e como sempre gostei muito de escrever, sempre usava alguns cadernos (que os guardo até hoje), para escrever sobre Tokusatsu, então tudo que eu achava interessante, marcava nesses cadernos Rs...

O Toku Force então, me veio como um presente, quando conheci o Admilton e o Vinícius, e me fizeram o convite, confesso que fiquei um pouco receoso, e comecei a perguntar a mim mesmo, se eu conseguiria escrever matérias para um Blog que eu sempre respeitei pelo conteúdo sério, e trabalhos sempre muito bem feitos. A primeira matéria que fiz para o Blog, foi um Review do Kamen Rider Black, e superou minhas expectativas, pois foi muito bem aceita, cheguei a receber vários elogios, tanto no Blog, quanto pelos meus amigos, e até pessoas que nem curtiam Tokusatsus, leram e gostaram. Isso para mim foi muito gratificante, e de fato, foi o que me impulsionou a continuar.
Do pouco tempo que estou presente no Blog, pude acompanhar o crescimento do mesmo, nossa Fan Page já está com mais de 1000 curtidas, e estamos tendo um retorno sempre muito positivo, então acho que o Blog está indo pelo caminho certo, e com isso, claro, temos o compromisso de melhorar sempre, e isso é o que estamos fazendo, e claro que isso não é só mérito nosso, mas também de todos que nos apoiam, gostam e divulgam nosso trabalho.

TOKUFORCE: Antes de ingressar no tokuforce você tinha outra atividade ou Projeto ligado a Tokusatsu?
Foto Divulgação: Facebook

VENANCIO: Não não, como eu disse, sempre tive desejo, mas nunca tive um incentivo maior, ou coragem mesmo de meter as caras e criar um Blog ou página própria. O Toku Force foi a primeira oportunidade que tive para divulgar matérias e fazer algo de grande reconhecimento pelo Tokusatsu. Antes disso, apenas fazia artes com o tema, e as postava nos grupos. Fiquei um curto período de tempo postando imagens no HeroSatsu, e logo depois vim para o Toku Force. Bom, tenho planos para projetos futuros, pretendo fazer algo bem interessante para todos, quem sabe até paralelamente com o TokuForce... É algo que tenho em mente, mas não irei dizer nada por enquanto, mas aguardem, pois coisas boas vem por aí, e conto com a participação e ajuda de todos!

TOKUFORCE :De todas as matérias escritas por você aquela sobre os amados tokusongs pra muitos leitores foi uma verdadeira aula sobre os maiores cantores de tokusatsu, recebendo elogios até do Tokudoc.
Como foi para você ver todo esse reconhecimento por parte dos seus leitores?

VENANCIO: Foi algo incrível Rs ... Confesso que foi algo que eu sempre quis poder falar mais abertamente, e só tive essa oportunidade aqui no Blog. Foi uma matéria muito prazerosa e gratificante de se fazer. A minha ideia inicial, era de escrever apenas um pequeno resumo sobre as músicas, mas... como a história é muito longa, ficaria difícil resumir, foi então que decidi que faria ela em 3 partes, pois assim, poderia falar detalhadamente sobre cada artista que marcou cada década. Foi gratificante também, falar sobre artistas que admiro muito, como Akira Kushida, Hironobu Kageyama, e pude inclusive prestar uma pequena homenagem ao eterno Ai Takano, que chegou á ser emocionante....

Sempre amei Toku Songs, e elas sempre estão presentes na minha vida, escuto sempre que estou em casa, ou até mesmo indo para o trabalho, no meu celular tenho diversos álbuns, que nunca me canso de ouvir. Então vendo que pude passar um pouco do que sei sobre o assunto á outras pessoas, é muito compensador. Sobre a divulgação e reconhecimento pelo TokuDoc foi muito importante para mim, pois no momento que um site como o Tokudoc, que é uma das maiores referências na Tokunet hoje, elogia um trabalho feito por você, da uma sensação de missão cumprida e também de grande satisfação. Quero deixar aqui o meu agradecimento á todos, que leram, divulgaram e prestigiaram essa matéria! E como já disse lá, viva as Tokusongs! Rs

TOKUFORCE: Ainda falando sobre suas matérias, qual delas você considera ter dado mais trabalho e qual foi a mais legal de elaborar?

VENANCIO: Para falar a verdade, escrever matérias, nunca chegou a ser cansativo para mim, muito pelo contrário, é algo muito prazeroso, e que realmente gosto de fazer... Faço isso por amor mesmo, assim como todos que aqui do Blog e aqueles que sempre contríbuiram para a Tokunet. Mas, para dizer uma que foi mais trabalhosa, foi a de Tokusongs mesmo, pois foram 3 partes, então tive que reunir todas as informações mais importantes, buscar imagens, vídeos e etc...

Ah e as mais legais de elaborar, para mim, foram os reviews sobre Kamen Rider Black e sobre Kikaider, que são 2 das minhas séries favoritas do mestre Ishinomori, então me diverti muito escrevendo elas, e durante algumas pesquisas, até acabei adquirindo mais conhecimento também, o que me faz amar ainda mais as duas séries.. rs

TOKUFORCE: Venâncio em sua opinião, você acha que a evolução dos efeitos especiais e uso de CG's em algumas cenas de tokusatsu atrapalham de alguma forma o desempenho e a qualidade dessas séries?

VENANCIO: Está ai um assunto que divide bastante opiniões... Eu curto Tokusatsu de um modo geral, e de todas as décadas... Mas, sempre fui apaixonado por Tokusatsus dos anos 70 e 80, e como todos sabem, as séries dessas décadas, usavam-se muitos efeitos característicos do Tokusatsu, como Pirotecnia e Suitmation, além de muitas cenas serem feitas por dublês, que chegavam até a se arriscar em algumas cenas. Claro, que com o passar do tempo, é natural que novas tecnologias fossem substituindo essas tradições, não acho que chega á afetar em seu desempenho, pois quando se tem um bom roteiro, esses detalhes acabam sendo só detalhes mesmo. Um bom exemplo é a série Garo, que usa e abusa de CGs, mas que tem um ótimo enredo, e cenas de lutas corporais com os atores de tirar o folego, então, nesse caso, o CG nem fez tanta diferencia, e muito menos afetou no desenvolvimento da série...

Mas eu particularmente, prefiro o modo antigo de se fazer Tokusatsu, lutas na pedreira, maquetes de Tóquio e explosões de verdade, faz um pouco de falta hoje em dia. Mas também acho que temos sempre que nos adaptar á essas mudanças. Um ponto que temos que analisar também, é que hoje as séries são mais comerciais, e uma vez que a Bandai interfere nisso, os trajes dos heróis, tendem a ter mais “bugigangas” para vender mais brinquedos, e há certas coisas, que só o CG pode fazer rs... Espero que ainda possamos ver séries mais realistas, sem muito exagero de tecnologia, e que um dia os Japoneses se rendem ao verdadeiro modo de fazer tokusatsu novamente, e tragam algumas dessas características de volta. Mas ai vai do ponto de vista de cada um também, está foi apenas a minha humilde opinião.. Rs


TOKUFORCE :Por muitas vezes nós dois (quando a gente tem um tempo) sempre conversamos sobre o universo Ultra. Porque a maioria dos fãs do nosso país restringe tanto essa maravilhosa franquia?  Ultraman X, que é a série do momento está se saindo muito bem, mas porque não merece a devida atenção?


VENANCIO: Acho que hoje em dia, não generalizando, mas alguns estão muito restritos apenas a Kamen Riders e Super Sentais, como se o Tokusatsu fosse resumido apenas a isso. Cria-se então aquela famosa zona de conforto, e faz com que muitos não busquem por séries fora destas categorias. Tudo bem que estas duas franquias são ótimas, tanto que eu sempre fui e ainda sou fã dos Riders, mas o universo Tokusatsu é muito rico, e existem séries maravilhosas, clássicas e atuais que acabam passando despercebidos pelas pessoas. Estes dias mesmo, conheci uma série chamada Majin Hunter Mitsurugi, clássico de 1973, que nunca havia sequer ao menos escutado o nome, e olha que a série é muito boa... Rs

No caso dos Ultras, acho que rola um pouco de preconceito por partes de alguns fãs, muitas vezes por falta de conhecimento mesmo, e é nítido que o espaço para eles hoje na TokuNet ainda é muito pouco. Isso é triste já que quem conhece sabe que as séries Ultras são maravilhosas, pois além de ser uma das franquias mais antigas do Tokusatsu, ainda são séries que sempre estiveram a frente de seu tempo, com efeitos especiais e roteiros impecáveis, sempre transmitindo mensagens e valores muito importantes.

Mas uma pessoa que sempre vem fazendo a diferença, e tentando mudar isso, é o Marcos Lima. Quem acompanha a Tokunet com certeza o conhece, e sabe que é um grande fã de Ultraman, e muitos passaram a gostar de Ultraman devido ao trabalho dele nos grupos e páginas que ele segue ou administra, eu mesmo estou sempre aprendendo sobre os Ultras com ele. Rs  
Á respeito do Ultraman X, acho que de todos os Ultras atuais, ele é o que teve mais repercussão em sua estréia, claro que merecia muito mais, porém vejo que a maioria está gostando e até procurando mais sobre a franquia. Acho que a série veio exatamente para isso, agradar aos antigos fãs e também apresentar a franquia aos novos, e assim conquistar novos fãs, e espero de verdade que esse objetivo seja alcançado.

TOKUFORCE: Vimos também que o Crunchyroll está apostando nas séries tokusatsu, ( também em animes e doramas), não é a toa que trouxeram as séries Ultraman Leo, Max, o próprio X e o Ultraman 80. Pra você, este tipo de 'plataforma "funciona?

VENANCIO: Sem dúvidas funciona sim! O problema é que pelo que tenho visto, muitos não se adaptaram ainda a este novo formato, que promete ser o futuro para os Tokusatsus no Brasil - ou talvez esse futuro já tenha chegado e nós é que não se damos conta disso ainda Rs 
Pois as séries estão aí, os Ultras que ficamos um tempão esperando algum fansubber legendar para o nosso idioma, está lá para assistirmos de graça, sem pagar nada por isso, então só não assiste mesmo quem não quer. O problema é que alguns fãs de Tokusatsu, ainda esperam (Inocentemente), que a Rede Manchete volte e que muitas séries novas sejam exibidas na Televisão.... 

Sinceramente, isso não acontecerá novamente, basta nos atentarmos aos fatos. Acho que a internet é o único meio pelo qual ainda temos chances de ter séries licenciadas, e o Streaming está ai para isso, com ele as produtoras Japoneses lucram, e nós também lucramos, torço para que chegue o dia, em que muitas séries nesse formato, sejam até dubladas, quem sabe né? Acho que tudo depende de nós, e como disse, muitos ainda precisam se adaptar a esse novo formato. Na minha opinião, é muito mais prático do que o Download, já que o mesmo, ocupa espaço e tempo. Então, acho que vale a pena até assinarmos, e divulgar mais o trabalho do Crunchyroll, e mostrar que o Tokusatsu tem força, e que eles devem sim, investir e trazer séries novas para cá.

TOKUFORCE :Sabemos que o universo Tokusatsu tem muitos anos, começando lá em 1954 (eu acho) e tem uma biblioteca enorme de séries, mas qual seriado em especial você recomendaria para um possível fã que só agora descobriu o que é o universo Tokusatsu?

VENANCIO: Com certeza é um universo muito grande e extenso, e temos muitas opções entre séries e filmes. Quando eu começei assistir Tokusatsu, demorou muito para conhecer tudo, apesar de vez em quando, acaba aparecendo uma série ou filme, que eu nunca ao menos tinha escutado falar... Bom, a pergunta é um pouco difícil, não dá para recomendar apenas uma série, pois um montão de séries me vieram á cabeça neste momento. Mas para quem está começando agora, e não conhece nada do gênero, eu indico a série Jiraiya (Sekai ninja sem Jiraiya), que na minha visão, é uma série atemporal, e não tem um público alvo definido. Acho que crianças, jovens e adultos, vão gostar dessa série, pelo carisma dos personagens, o enredo fácil de se compreender, as excelentes cenas de lutas, e claro, pela temática ninja, que é algo que praticamente todos gostam... 

Já das séries mais atuais, eu indicaria Tokusou Sentai Dekaranger, Super sentai de 2004, com outra temática bem agradável, roteiros construtivos e personagens marcantes, tenho certeza que quem assistir irá gostar e entrar de cabeça nesse grande universo Tokusatsu...

TOKUFORCE: Nos últimos meses, um fato muito triste aconteceu na tokunet, mas precisamente nas redes sociais. O caso da tokufã agredida virtualmente por uma outra pessoa no Facebook.Embora para muitos isso seja normal acontecer nos meios de divulgação do Tokusatsu na já citada rede social, para outros causou muito repúdio. Sabemos que as mulheres entendem e muito de tokusatsu, e que poucas atuam em sites, grupos e blogs na tokunet. Na sua opinião, você acredita que isso possa inibir ainda mais a presença delas na tokunet ou pelo contrário, isso serve como um tapa na cara de pessoas que pensam da mesma forma que esse sujeito?

VENANCIO: De maneira alguma isso vai inibir a presença delas, conheço algumas mulheres que fazem um excelente trabalho na Tokunet, como a nossa colunista Grazi Lopes, a Tatiane de Souza do Blog Tatisatsu, Suryia Tsukiyono do Garo Universe e a Lillan Leo da Tokyo Space (Me perdoe se esqueci de mencionar alguma rs),  são mulheres com um grande conhecimento no assunto, firmes e confiantes no que fazem, acho que um comentário tão baixo como aquele, jamais iria atingir alguma delas. No caso dessa Tokufã, eu não a conhecia, no entanto, também me senti injustiçado, pela forma que ela foi agredida, sem contar, que além dele a agredir com palavras de baixíssimo nível, ainda disse que tokusatsu é coisa feita “só para crianças” como se ela não tivesse o direito de assistir estas séries, assim como deveria parar de postar fotos de toku no seu Facebook.

Casos como esse não é de hoje, e com certeza todo mundo já foi vítima de preconceito por gostar das séries Japas ou qualquer outro tipo de cultura. Mas acho que jamais devemos dar atenção, e muito menos deixar que isso nos atinja, quem faz isso, no mínimo não tem bom senso e muito menos caráter, sabemos que pessoas que fazem isso não são felizes, e de maneira alguma, devemos deixar que isso estrague a nossa felicidade. Espero ver muito mais mulheres fazendo a diferença na Tokunet, pois é sempre bom vermos a visão feminina sobre o Tokusatsu, além de quebrar aquele velho Tabu de que Tokusatsu é só coisa de menino. Pois nós sabemos que essa regra não existe e nunca irá existir.  
TOKUFORCE: Outro caso polêmico é quanto aos Dvds que são vendidos em um site que só ajuda os fãs na ampliação de conhecimento sobre séries que não passaram no Brasil.  Repercutiu muito nas redes sociais.  Qual a sua opinião sobre este assunto?

VENANCIO: Olha, eu acompanhei de perto esse caso, tanto que cheguei comentar na página. Engraçado que vi muitos dizendo que estavam decepcionados com a página, pois a mesma estava contribuindo com a pirataria, e que por causa dessas coisas que o Tokusatsu não vem para o Brasil ... Opa, perai, mas será que fazendo Downloads, nós estamos contribuindo com algo ? Será que isso está ajudando a manter o Tokusatsu vivo lá no Japão? Com certeza que não! O trabalho dos Fansubers são feitos de fã para fã, assim como o trabalho deste site que vende os DVDs. E um trabalho feito para colecionadores, com qualidade muito boa, e com um preço muito pequeno, e ter um site como esse hoje na mídia, não impede ninguém de comprar os originais. E simples, quem gostar irá comprar novamente, quem não gostar apenas ignore, é um trabalho opcional, só compra quem quer, afinal, nunca vi o site obrigando ninguém a comprar dvds lá rs, muito pelo contrário, o atendimento é muito bom, e recomendo para todos!

Outra coisa é que, muitos falam sobre produtos originais, mas todos sabem que trazer produtos do Japão, custa muito caro, e nem todo mundo tem verba suficiente para isso. Sem contar que os impostos e as taxas são altissímos no nosso País, então acho interessante um site como este, que dá a oportunidade de termos essas séries, e pagar pouco por isso. O Objetivo do site é se tornar uma referência no Brasil, e já está se tornando e creio que tem potencial, para quem sabe se tornar uma grande empresa licenciada no futuro. 

Uma coisa que sempre digo: A única empresa que investiu em Tokusatsu para home-video no Brasil foi a Focus, e muitos torceram o nariz, e nem compraram o material. Tanto que quando lançaram Ryukendo no Brasil, o mesmo foi cancelado devido as baixas vendas. A Cult Classics também investiu trazendo Robô Gigante e Vingadores do espaço, e não vi muita gente comentando sobre isso. E vejam, de forma alguma, o site impediu que alguma empresa se interessasse em trazer essas séries, na verdade falta mais atenção e valorização por parte dos fãs. Então na minha opinião, devemos deixar um pouco ás críticas de lado, e passar a valorizar mais o que temos, pois enquanto não soubermos abraçar essas oportunidades, o Tokusatsu não vai ter mais investimentos no mercado de home vídeo no Brasil, infelizmente.

TOKUFORCE: Você é um grande colecionador de artigos tokusatsu, quais os produtos que você coleciona?


VENANCIO: Ahh isso sim, não é de hoje que adoro colecionar, e coleciono praticamente tudo o que posso de Tokusatsu, tenho desde chaveiros e revistas, passando por DVDs, CDs e até Action Figures. De vez em quando, dou uma volta pela liberdade, e sempre tento trazer algo para agregar á coleção. Meu acervo de séries tem crescido e já tem mais uma lista boa para adquirir. Atualmente estou focado em colecionar as figuras da linha SH Figuarts, que é uma das linhas que na minha opinião, possui mais variedades de personagens, além de serem bem fieis aos heróis e um preço bem acessível.

TOKUFORCE :Qual o Toy de Tokusatsu que seria o seu sonho de consumo em adquirir?

VENANCIO: Tenho vários sonhos de consumo Rsrs Meu sonho mesmo, é conseguir completar a coleção com todos os Kamen Riders da linha SH figuarts. Por enquanto, só tenho os da linha Kamen Rider Black. Mas como estou longe para conseguir todos os outros Riders, tenho o sonho ter um Jaspion, e os outros heróis da linha Medicom, e um Godzilla da SH Monsterarts.... Um dia realizarei esse sonho... Rs


 TOKUFORCE :E qual seria as séries que seriam um sonho de consumo para assistir?

VENANCIO: Tem muitas séries que tenho muito desejo de assistir, principalmente alguns filmes de Kaiju e heróis da franquia Kyodai Heroes mas muitas ainda não possuem legendas, e só pude assistir as Raws. Então, sonho muito um dia ver pelo menos: Akumaizer 3, Dynaman, Go Go V e Guyferd legendados. Além de claro, os outros Metal Heroes que não tivemos a chance de assistir com legendas ainda.

 TOKUFORCE :Cite 5 lembranças marcantes em Tokusatsus na sua opinião.

VENANCIO: 5 Lembranças? Acho pouco, pois são muitas e muitas lembranças...kk
 Mas vamos lá:

5 – A Luta final entre Red Flash  e Kaura no por-do-sol. A mesma ideia praticamente já havia sido usada em Changeman, mas em Flashman, foi muito mais marcante na minha opinião.



4 – Reta final de Jetman, com um final inesperado para Guy/ Black Condor, bom não irei dar Spoilers, mas vejo como umas das coisas mais impactantes até hoje...



3- Episódio 24 de Ultraman Nexus, vibrante e emocionante, mostrando o sacrifício do herói e de seu hospedeiro humano para salvar a terra.



2- Encontro de todos os Kamen Riders em Kamen Rider Black RX.

1-Introdução de TimeFire na série Timeranger.

Bom, acho que é isso, faltaram muitos momentos marcantes, mas infelizmente não dá para colocar todos, estes foram os que vieram em mente na hora.. Rss

TOKUFORCE: Como você define seus amigos de equipe do Blog Tokuforce?

VENANCIO: Todos são pessoas de bem, carismáticos e muito competentes. São pessoas que admiro muito e hoje tenho uma ótima amizade com todos, e embora anda não tenha conhecido todos pessoalmente, são pessoas que fazem a diferença no meu dia-a-dia. Seja para conversarmos sobre as matérias, sobre Tokusatsu, ou conversar outros assuntos fora deste tema. São amizades que consegui graças ao blog, e claro, graças ao Tokusatsu. Ainda estamos planejando algum futuro evento, para podermos nos reunir e levarmos um bom papo de Toku fã pessoalmente Rs.

TOKUFORCE: Como foi para você participar do Anime Friends e poder conhecer grandes amigos da tokunet, além, claro do Tetsuo Kurata?

VENANCIO: Foi um dia inesquecível para mim, infelizmente não pude encontrar todos os amigos da Tokunet devido ao atraso no Domingo, pois só na fila para entrar no evento, fiquei 2 horas e meia... Mas os que encontrei foi muito gratificante. Posso citar aqui, o Cristovão César Sharivan, Leide Aguiar, Debora Inácio e o Leonardo Paiva, que conseguiu as senhas do meet para ver o Kurata para mim, sem ele não teria conseguido ver o Kurata, então amigão fica registrado aqui meus agradecimentos mais uma vez! 
Sobre conhecer o Tetsuo Kurata, foi a realização de um sonho, como eu disse, Black sempre foi uma das minhas séries favoritas, e jamais me passou pela cabeça que um dia, veria o Kurata assim tão de perto, e ainda o cumprimentaria. Um momento marcante, que irei levar para sempre na minha vida, até hoje quando me lembro é impossível não me emocionar, e sinceramente, se pudesse viveria tudo aqui de novo, umas 10 ou 20 vezes... Rs Guardarei a foto, e o autógrafo como um verdadeiro tesouro.


TOKUFORCE: Deixe uma mensagem para o blog Tokuforce

VENANCIO: Primeiramente, gostaria de parabenizá-los pelo trabalho, e também agradecer pela porta que me foi aberta aqui, a confiança e valorização do meu trabalho. Com certeza juntos nós iremos longe, e muita coisa boa ainda será registrada nesse Blog. Continuem com essa competência, e compromisso em trazer conteúdos sérios e informativos sobre nossas queridas séries. Que o Blog cresça cada dia mais, e que venham mais e mais entrevistas com os nossos  amigos TokuFãs e tudo o que tem de bom e diferencial por aqui. 

Agradeço também pela entrevista, foi muito divertido e muito bom de fazer. Espero que todos tenham gostado, e me perdoem se falei demais em algum momento... Rs

Um forte Abraços a Todos e até mais!!!

E essa foi mais uma sessão de tokufã, gostou? compartilhe nos grupos do facebook e participe das nossas mídias na tokunet.


Ao nosso querido amigo Vinicius Ramos pela contribuição nessa edição da sessão Papo de Tokufã.